(Foto: Edemir Rodrigues)

As rondas ostensivas e preventivas do Programa Escola Segura, Família Forte, nas escolas estaduais e municipais de Campo Grande, serão nesta segunda-feira (16). Conforme o coordenador do Programa, professor Valson Campos dos Anjos, o objetivo é garantir segurança para estudantes, professores e pais, tanto nos estabelecimentos de ensino como nos arredores. As rondas escolares contarão com 5 viaturas e efetivo de mais de 20 policiais militares.

“Desde a implantação do Programa, os índices de violência nas escolas e entorno diminuíram consideravelmente e a satisfação é notada pela comunidade escolar, daí a necessidade de retomarmos o programa juntamente com a volta às aulas”, disse o coordenador do Escola Segura, Família Forte. Durante o anúncio do retorno das rondas escolares, feito em reunião por videoconferência na semana passada, o secretário-adjunto de Justiça e Segurança Pública, coronel Ary Carlos Barbosa, destacou a importância do Programa para a prevenção de conflitos e delitos. “A presença da ronda escolar vai trazer mais tranquilidade para professores, alunos e, claro, para a família como um todo”, destacou.

Participaram reunião o professor Alfredo Anastácio Neto, coordenador de Políticas para o Ensino Fundamental, da Secretaria Estadual de Educação, e a professora Mônica Cristina Silvano, da superintendência de Gestão e Normas de Secretaria Municipal de Educação.

Sobre o Programa

Lançado pelo Governo de Mato Grosso do Sul em 04 de outubro de 2017 o Programa Escola Segura, Família Forte, desenvolvido por meio da Sejusp, é referência internacional por ter sido eleito em uma convocatória do Banco de Desenvolvimento da Corporação Andina de Fomento (CAF). Essa instituição financeira tem como objetivo medir o impacto do Programa em termos de redução da criminalidade e melhoria dos indicadores escolares (avaliações institucionais como: Prova Brasil, SAEMS e outros).

Atendendo uma das principais reivindicações da comunidade escolar em relação à segurança pública nas escolas e entorno, o Programa teve início em Campo Grande e, posteriormente foi levado para outros municípios de Mato Grosso do Sul, por meio de parcerias com as prefeituras locais.

A eficácia do Programa é demonstrada pelos relatos de gestores, professores e toda comunidade escolar, sobre o quanto o estreitamento dos laços com a segurança, vem contribuindo para a melhoria na interlocução com a comunidade escolar e vizinhança. Atualmente o Programa Escola Segura, Família forte é desenvolvido em um total de 155 escolas municipais e estaduais de Mato Grosso do Sul.

Comentários