O calor com temperaturas em torno dos 40°C é uma característica comum da primavera no Brasil, especialmente nas regiões centro-oeste, norte e nordeste.

Segundo o Climatempo, as temperaturas que estão sendo registradas desde o primeiro fim de semana da nova estação, é uma situação atípica. As condições registradas têm batido recordes históricos de calor.

Sem chuva, calor extremo faz companhia para sul-mato-grossenses neste fim de semana

Há mais de três dias cidades sul-mato-grossenses têm figurado no topo da lista de regiões mais quentes do País no monitoramento do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Para se ter uma ideia, na última quinta-feira (1), Agua Clara registrou a maior temperatura do Brasil com 44,4°C.  

Essa intensa onda de calor deve ser ligeiramente amenizada com a chegada da chuva a partir do dia 11 de outubro. Em Mato Grosso do Sul, ela chega em formato de pancadas e com baixos acumulados, que podem ser de 10 milímetros, estima o Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima (Cemtec).

Previsão sábado

Para este sábado (3) as condições serão de tempo firme. Céu claro a parcialmente nublado em todas as regiões, e predomínio de sol.

A umidade relativa do ar estará muito baixa à tarde, considerado estado de alerta com tendência a emergência segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS). A variação na umidade relativa do ar está estimada entre 50% a 10%, podendo ter picos abaixo de 10% nas regiões norte e bolsão.

Nesse nível crítico de umidade do ar, recomenda-se ingerir bastante líquido, evitar atividades físicas, evite exposição ao sol nas horas mais quentes do dia, usar hidratante corporal e umectar ambientes com umidificadores, bacia com agua ou toalhas molhadas. Os cuidados com a saúde incluem não atear fogo em terrenos baldios e não jogar bitucas de cigarro na natureza.

O vento estará fraco a moderado. As temperaturas poderão variar entre de 25°C a 44°C no Estado, e na capital variação está estimada em 25°C a 40°C.

Comentários