Divulgação

A adolescente de 15 anos morreu em decorrência da covid-19 em Campo Grande, nesta terça-feira (20). É a primeira vítima adolescente da doença em Mato Grosso do Sul.

A adolescente morava no Jardim Morenão e teve os sintomas agravados no dia 19 de outubro. Ela entrou para as estatísticas da Capital que já soma 652 perdas para a doença.

A Secretaria Estadual de Saúde informou que investiga a possibilidade da adolescente ter desenvolvido uma síndrome rara associada à covid, porque a família não relatou qualquer comorbidade associada.

“Além da covid, estamos investigando se ela desenvolveu a síndrome que algumas crianças e jovens estão desenvolvendo. Depois de toda essa investigação, vamos falar desse caso. Mas é um aviso importante a todos os nossos jovens, principalmente, aqueles que teimam em dizer que são mais fortes que a doença”, disse o secretário Geraldo Rezende.

Estudos apontam a ‘Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica’, que depois da fase aguda da covid-19 alguns pacientes apresentaram sintomas como manchas pelo corpo, olhos vermelhos, barriga inchada e febre.

Comentários