Comissão Municipal de Monitoramento de Implantação do Protocolo Volta às Aulas. (Foto/Divulgação)

Cerca de 10 órgãos fazem parte da Comissão de Monitoramento as instituições

A Semed (Secretaria Municipal de Educação) tem visitado as escolas da Reme (Rede Municipal de Ensino) com a Comissão Municipal de Monitoramento de Implantação do Protocolo Volta às Aulas para inspecionar o cumprimento das normas. As visitas foram iniciadas na segunda-feira (20) e seguem até o dia 29 de setembro.

De acordo com a secretária municipal de Educação, Ana Paula Benitez Fernandes, as visitas tiveram início um mês após a volta presencial de todas as instituições. Ao todo, serão visitadas 168 escolas. “Esta é a primeira vistoria realizada com os órgãos da Comissão. Cada visita precisa ter ao menos duas instituições representadas, que devem analisar se o protocolo está sendo cumprido”, ressaltou.

Semed visita instituições para verificar cumprimento do protocolo de volta às aulas

A vistoria estabelece três pontos para análise, o eixo de biossegurança, eixo socioemocional e eixo cognitivo. Destes, cerca de 31 itens são analisados e verificados no processo. Por exemplo, se a escola realizou uma análise de aprendizado das turmas e como foi feito o processo para recuperar o conteúdo perdido.

Entre os pontos também estão a organização na entrada e saída dos alunos, o modelo de ensino adotado pela instituição, o uso de máscaras por parte dos alunos e educadores, cuidados com a aferição de temperatura, higienização dos sapatos e mãos na entrada da escola e se o distanciamento mínimo de 1,5 m é respeitado.
Ainda são verificados os aspectos sociais da retomada, se houve a acolhida para os estudantes e para a equipe escolar, e se aqueles que apresentaram dificuldades emocionais tiveram apoio.

“Nessas visitas diversas análises são realizadas, algumas são visuais, que identificamos ao chegar, outras são através de conversa com membros da instituição e por meio de relatórios do que foi realizado na retomada ao ensino presencial”, reforçou Ana Paula.

A Comissão é formada por 10 instituições e são representadas por Ana Paula Benitez Fernandes (Semed), Ana Paula Triches (Vigilância Sanitária), Deborah Salette da Cruz (Conselho Municipal de Educação de Dourados), Bruno Betoli (Defensoria Pública), Luiz Gustavo Terçariol (Ministério Público de Mato Grosso do Sul), Vanilza Martins (Conselho Tutelar de Dourados), Márcia Regina Xixa (Sindicato dos Trabalhadores de Educação de Dourados), Nei Elias Coinethe (Coordenadoria Regional de Educação), Dhelliane Cristina Romanini (Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino) e Marcos Roberto Soares (Câmara Municipal).

Comentários