25.8 C
Campo Grande
terça-feira, 23 de julho, 2024
spot_img

Riedel participa de solenidade que marca dia ‘D’ da Operação SULMaSSP em MS

A operação reúne mais de 1,5 mil policiais e 320 viaturas de cinco estados no combate à crimes nas fronteiras e divisas

Cerca de 1.500 policiais, 320 viaturas e seis aeronaves participam de forma integrada da Operação SULMaSSP em Mato Grosso do Sul, que tem por objetivo prevenir e reprimir crimes nas fronteiras e divisas dos cinco estados participantes (Mato Grosso do Sul, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul).

Nesta sexta-feira (10), às 9 horas, o governador Eduardo Riedel (PSDB) participa do Dia D da terceira fase da Operação SULMaSSP, no estacionamento do Yotedy, na Rua Antônio Maria Coelho, no Parque das Nações Indígenas. Além do governador, estarão presentes os secretários de Segurança e integrantes das forças de segurança dos cinco estados.

Na ocasião será dado o start nas ações de rescaldo da operação e divulgados números parciais.

SULMaSSP

O SULMaSSP, que dá nome à Operação, é um bloco que congrega os estados da região Sul (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul), Mato Grosso do Sul e São Paulo. A Operação é uma parceria entre as Secretarias de Segurança Estaduais com objetivo de fortalecer ações conjuntas, permitindo a troca de dados e de conhecimentos relacionados à inteligência policial e aos interesses operacionais.

O bloco SULMaSSP, criado em março de 2023, atua de forma coordenada, para ampliar e fortalecer a repressão de crimes transfronteiriços e nas divisas estaduais, mediante uma efetiva integração operacional e de inteligência, com reflexos na desarticulação de organizações criminosas e no aprimoramento dos mecanismos de defesa social.

A ação de repressão está sendo realizada durante esta semana nas fronteiras e divisas de Mato Grosso do Sul e conta com efetivos das policiais civil, polícias militares, além do corpos de bombeiros militar, perícia e polícias penais dos cinco estados integrantes do SULMaSSP.

Fale com a Redação