Um tamanduá-bandeira vinha por vários dias andando por área de vegetações paralelas ao bairro Santa Luzia. Depois de orientar alguns moradores que ligavam para que a PMA fizesse a captura, de que o animal estando na vegetação não se deveria removê-lo, pois ele estava em fragmentos florestais, onde não haveria risco, hoje (22) foi necessária a captura, pois o animal adentrou as áreas residenciais.

Moradores do bairro informaram aos Policiais Militares Ambientais de Campo Grande que o animal teria adentrado em um barracão, que servia como depósito, depois de andar por terrenos baldios na região. A equipe da PMA foi ao local e com uso de cambões realizou a captura, colocou o animal em uma caixa de contenção e fez remoção sem expor a riscos de lesão o bicho. O tamanduá foi encaminhado para o Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS).

Comentários