21.8 C
Campo Grande
terça-feira, 23 de abril, 2024
spot_img

Taxa de desemprego fica em 7,8% no trimestre encerrado em fevereiro

A taxa de desemprego, medida pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, ficou em 7,8% no trimestre; dezembro 2023 a fevereiro 2024. A taxa é superior aos 7,5% registrados no trimestre anterior (setembro a novembro de 2023). Contudo, este período até fevereiro, marca ainda, a dispensa de maioria dos temporários do ‘fim do ano’ e do carnaval, fazendo a taxa pouco acima dos 7,5% do trimestre anterior.

A pesquisa que foi divulgada nesta quinta-feira (28), pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), aponta ainda que por outro lado, o índice deste ano, ficou abaixo dos 8,6% do trimestre deste período do ano passado.

A alta diferença deste ano, com inicio de 2023, já em governo Lula, mostra ainda que no passado, se pegava a crise da economia, deixada pelo então ministro da Economia, Paulo Guedes, e, como resultado da crise econômica-social e política em geral do desgoverno anterior de 2019 a 2022, com Jair Bolsonaro.

Ocupação e desocupação

A população desocupada ficou em 8,5 milhões, alta de 4,1% na comparação trimestral anterior, ou seja, com novembro de 2023. Mas, há forte queda de 7,5% na comparação anual (ou seja, com fevereiro do ano passado).

A população ocupada, de 100,25 milhões, no trimestre, marca crescimento de 2,2% no ano. Mas, é considerada que manteve-se estatisticamente estável.

Fale com a Redação