28.8 C
Campo Grande
quarta-feira, 24 de julho, 2024
spot_img

Prazo: taxa de inscrição do Enem 2024 pode ser paga até quarta-feira (19)

MS teve mais de 65 mil inscritos para o Exame Nacional do Ensino Médio

As inscrições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2024 se encerraram na última sexta-feira (14), após ser ampliado para que mais estudantes tivessem a oportunidade de participar do exame. Para os candidatos do Rio Grande do Sul, o prazo de inscrição segue até o dia 21 de junho. Já o prazo para pagar a taxa de R$ 85 (que confirma a participação) vai até a próxima quarta-feira (19).

O valor pode ser pago por boleto (gerado na Página do Participante), Pix, cartão de crédito, débito em conta corrente ou poupança (a depender do banco).

  • Para pagar por Pix, basta acessar o QR code que consta no boleto.
  • O pagamento é feito por meio de boleto do Banco do Brasil, que só é disponibilizado após acesso ao sistema do exame por meio do login único do Gov.br.

Quem é isento não precisa pagar. Entretanto, a aprovação da isenção da taxa ou da justificativa de ausência (na edição de 2023) não significa que a inscrição no Enem 2024 foi realizada automaticamente

Números

De acordo com o Inep, o Enem 2024 recebeu 5 milhões de inscrições — um aumento de 8% em relação à edição anterior da prova.

Em Mato Grosso do Sul foram 65.099 mil inscritos.

Enem

O Exame Nacional do Ensino Médio avalia o desempenho escolar dos estudantes ao término da educação básica. Ao longo de mais de duas décadas de existência, o Enem se tornou a principal porta de entrada para a educação superior no Brasil, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e de iniciativas como o Programa Universidade para Todos (Prouni).

Instituições de ensino públicas e privadas utilizam o Enem para selecionar estudantes. Os resultados são utilizados como critério único ou complementar dos processos seletivos, além de servirem de parâmetro para acesso a auxílios governamentais, como o proporcionado pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Os resultados individuais do Enem também podem ser aproveitados nos processos seletivos de instituições portuguesas que possuem convênio com o Inep para aceitarem as notas do exame. Os acordos garantem acesso facilitado às notas dos estudantes brasileiros interessados em cursar a educação superior em Portugal.

Fale com a Redação