03/06/2020 13h55
Da redação

O tenente da Polícia Militar, Alexander Nantes Stein de 32 anos, acabou matando a professora Suellen Vilela Brasil de 32 anos, em um acidente de trânsito. Ele estava sob efeito de álcool. Diante do fatos, o tenente acabou perdendo o comandava do 4º Pelotão de Ribas do Rio Pardo.

O crime aconteceu na Avenida Gury Marques, na Vila Cidade Morena, em Campo Grande.

O comandante geral da Polícia Militar, coronel Marcos Paulo Gimenez, assinou a medida que foi publicada nesta quarta-feira (3) no Diário Oficial do Estado.

O texto diz “Transferir, por inconveniência da permanência, o tenente do 4º Pelotão, para o Comando Geral da Polícia Militar em Campo Grande”.

Sobre o caso

Alexander foi preso em flagrante. A professora dirigia um Renault Clio Sedan prata quando ao reduzir a velocidade para passar por um quebra-molas teve a traseira do veículo atingido por um VW Gol prata conduzido por Alexander. Suellen morreu no local.

Ele não sofreu ferimentos graves, mas apresentava sinais de embriaguez como odor etílico, olhos vermelhos e dificuldade no equilíbrio.

Divulgação

Comentários