12.8 C
Campo Grande
sábado, 25 de maio, 2024
spot_img

Termina votação na Argentina; resultado parcial será divulgado ainda hoje

Segundo a Direção Nacional Eleitoral argentina, os resultados provisórios começarão a ser anunciados a partir das 20h

Foi encerrada às 18h deste domingo (19) a votação no segundo turno da eleição presidencial na Argentina, disputada entre o ultraliberal Javier Milei, da frente La Libertad Avanza, e o governista Sergio Massa (Unión Por La Patria).

A contagem dos votos começa em seguida. Segundo a DINE (Direção Nacional Eleitoral) da Argentina, os resultados serão divulgados a partir das 21h. Trata-se de uma apuração provisória, mas que já é capaz de indicar o vencedor da eleição.

A apuração oficial, no entanto, se encerra 48 horas após o fim da votação e o resultado é confirmado pela Justiça Nacional Eleitoral argentina, que consolida as informações dos relatórios elaborados nos centros de votação.

Poucos problemas

A votação foi tranquila na maior parte do país vizinho. O problema que mais chamou a atenção foram os roubos e destruições de cédulas eleitorais, para impedir que eleitores depositassem seu voto nas urnas.

A cientista política Malena Galmarini, que é presidente da empresa estatal Aysa (Agua y Saneamientos Argentinos) e mulher de Sergio Massa, denunciou o “rasgo sistemático de cédulas”.

Já um adolescente de 16 anos foi preso por roubar cédulas do candidato presidencial ultraliberal Javier Milei em uma escola da cidade de Buenos Aires.

A candidata a vice-presidente de Javier Milei, Victoria Villarruel, minimizou os problemas e afirmou que os casos de roubo de cédulas são “situações que ocorrem em todas as eleições” e que, “de forma geral, as eleições estão a decorrer normalmente”.

“Não só pelos procuradores do La Libertad Avanza, mas também pelos procuradores do Juntos por el Cambio, que trabalham incondicionalmente”, acrescentou.

Fonte: R7

Fale com a Redação