Foto: Edemir Rodrigues 

O brasileiro religioso ou não, a cada ano segue a ‘tradição’ da data da Igreja Católica, que celebra a Semana Santa, que culmina com o domingo de Páscoa. Uns celebram mais, indo a Igreja, participando das celebrações e seguindo tradições, como não comer carne vermelha, mas também faz o que todos ou a maioria ‘celebra’ pela data comercial, na venda de peixes e chocolate, nos famosos ‘Ovos de Páscoa’. Contudo, estamos em crise econômica grave no País, e a ‘Tradição’ deve ficar difícil em 2022 com os produtos muito caros e variando até 190% de preços entre um mercado e outro. E ainda pode haver mais reajustes, nesses dias de proximidade e realização das datas.

Nesta quarta-feira (13), o Procon-MS (Superintendência para Orientação de Defesa do Consumidor) divulgou, a pouco, pesquisa de preços para orientar aos cidadãos que, mesmo com pouco dinheiro, ainda devem ir às compras de produtos mais procurados por ocasião da Páscoa, como chocolates e peixes. O levantamento aponta (veja link abaixo como todos os preços), que há diferença de 189,71% no preço do chocolate e 75,97% no pescado, entre 15 estabelecimento visitados, e que dá a visão da pratica de todos os comércios.

Conforme o Procon/MS, a pesquisa foi na semana passada, entre 04 a 06 de abril, para verificar a variação de preços em estabelecimentos comerciais tanto do perímetro central com em bairros de Campo Grande. O resultado desse trabalho  foi a constatação do preço alto e ainda com as grandes diferenças do valor. A pesquisa foi realizada nos estabelecimentos, envolvendo 144 itens, dos quais foram divulgados os preços de 99.

“A variação é de até 189,71% no que tange a chocolates, como no exemplo, do ‘trenzinho do coelho com ovinhos de chocolate ao leite, pesando 55 gramas foi encontrado por R$ 19,99, enquanto o mesmo produto foi encontrado por R$ 6,90 em outro local”, revela direção Procon em dados da pesquisa.

Preço alto

O levantamento do Procon, mostra também que a menor diferença, entre os dez visitados pelos agentes do órgão, fica em apenas 0,26%, mas aponta o alto preço. O ovo Kit Kat ao leite que pesa, apenas, 227 gramas, foi encontrado por R$ 34,99 e por R$ 34,90.

Peixes

Nos peixes a maior variação de preço, se encontra com 75,97%, onde foi encontrada o Filé de Merluza de 500 gramas, por R$ 27,98 e também a R$ 15,90. 

A pesquisa ocorreu no período de 04 a 06 deste mês, e envolveu 6 estabelecimentos e 48 produtos. Pelo mesmo critério de divulgar somente  itens encontrados em três ou mais locais visitados, os preços dos peixes foram catalogados em 31.

A menor  variação  foi de 1,84%, para o quilo do filé de pintado de cativeiro. O produto é comercializado nas peixarias por R$ 49,90 e também por R$ 49,00. Neste item, dos 31 produtos divulgados não houve  variação superior a 100%.  

O Procon avisa, que em relação a esta pesquisa, não foi estabelecida comparação com ano anterior dada a utilização de nova  metodologia, inclusão tanto de novas regiões e novos estabelecimentos.

Serviço

Confira nos links o detalhamento das pesquisas. 

Pesquisa de Ovos de Páscoa

Pesquisa de Peixe

Dos locais visitados para verificar o chocolate, envolveu 144 itens, dos quais foram divulgados os preços de 99. A diferença entre a quantidade de itens  pesquisada e  a divulgada  se dá pelo fato dos demais  não terem sido encontrados em, pelo menos três dos locais visitados pelas servidoras do setor de pesquisa do órgão.

Com informações do Procon/MS

Comentários