Representantes do Brasil e do Paraguai participaram da inaugurção do Centro Turístico. (Foto/Divulgação)

No último dia 20 de julho, foi inaugurado o Centro Turístico do Refúgio Biológico de Maracaju (RBM), localizado na cidade de Salto del Guairá, departamento de Canindeyú, no Paraguai. O RBM é um novo atrativo turístico, com mais de 1.350 hectares de florestas e foi concebido por meio de um esforço conjunto entre as Superintendências de Turismo, Gestão Ambiental, Obras e Desenvolvimento e de Comunicação Social da Itaipu Paraguai, que é administrado por ambas as margens da Itaipu Binacional. Dessa forma, o Complexo Turístico de ITAIPU, Margem Direita, conta com mais um local para receber os visitantes.

Durante a inauguração, a Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) foi representada pelo professor doutor Leandro Marra (gerente da Unidade de UEMS de Mundo Novo), que acompanhou a cerimônia e teve a oportunidade de conhecer todo o Centro Turístico.

Estavam presentes ainda, a Ministra do Turismo do Paraguai, Sra. Sofía Montiel de Afara, o Diretor de Coordenação da Itaipu Paraguai, Miguel Ángel Gómez, o Diretor de Administração da Itaipu Paraguai, Alberto Cabrera Villalba, a Conselheira da Itaipu Paraguai, María Antonia Gwynn, o Superintendente de Gestão Ambiental, Gustavo Ovelar, o Chefe de Departamento, Hilario Hermosa, o Superintendente Carlos Flores, o Intendente Interino de Salto del Guairá, Wilson Baez e outras autoridade Paraguaias. Pelo Brasil, estiveram presentes: Anderson Gibathe, Cristian Hugo Brauhardt e Marcelo Uliana, técnicos responsáveis na Gestão do RBM, pela Itaipu Brasil.

Segundo o professor Leandro Marra, foi uma grande honra representar a UEMS na inauguração do RBM, localizado às margens das antigas “Sete Quedas” do Rio Paraná e inserido na Serra de Maracaju. “É um dos maiores, senão o maior exemplo de sucesso de restauração ambiental presente no Estado de Mato Grosso do Sul. É um verdadeiro “Laboratório a céu aberto” que a partir de hoje está acessível à visitação e servirá a sociedade, em especial, em atividades de educação ambiental. Além de ser mais um atrativo turístico para a região. Parabéns a Itaipu Binacional por todo o trabalho desenvolvido nestes 37 anos de Refúgio Biológico de Maracaju completados no último dia 27 de junho de 2021”, afirmou o professor Leandro Marra

UEMS participa de inauguração do centro turístico do RBM no Paraguai
Representantes do Brasil e do Paraguai participaram da inaugurção do Centro Turístico

Centro Turístico do Refúgio Biológico de Maracaju

O novo centro turístico oferece várias atividades como a Trilha “La Esperanza”, com 970 metros lineares com estações interpretativas; o Centro Interpretativo, espaço exclusivamente capacitado para dar informações sobre a fauna e a flora do local e da região, os processos de restauração ecológica e a história do refúgio. Ambas as rotas são totalmente guiadas.

Outra atração é o Píer, de onde o visitante pode desfrutar da paisagem do reservatório de ITAIPU, assim como a fauna aquática e terrestre da região.

Em um outra atividade, independente do circuito habitual, o visitante também pode conhecer o Miradouro das Aves – espaço está preparado para a observação de aves, com todas as comodidades necessárias ao seu desenvolvimento.

Os dias de atendimento aos visitantes do Refúgio Biológico Maracaju, com reserva prévia, serão de quarta a domingo, com horários que começam às 08h30 e terminam às 16h30. O acesso ao RBM ocorre pelo município de Salto del Guairá (Paraguai) cidade vizinha a Mundo Novo (Brasil).

Para mais informações, o contato é por telefone (61) 599 8040/8094, ou e-mail [email protected].

UEMS participa de inauguração do centro turístico do RBM no Paraguai

Parceria com a UEMS

A UEMS possui um convênio (N 4500058343) com a Itaipu Binacional intitulado Laboratório de Fertilidade do Solo, Herbário e ações tecnico-científicas e sócioambientais no Cone-sul de Mato Grosso do Sul  para desenvolver atividades de pesquisa e extensão no local.

Ainda neste contexto de segurança hídrica e desenvolvimento sustentável do território de influência direto da Iatipu, na última semana, a UEMS foi convidada a participar do Programa de governança, inovação e inteligência para desenvolvimento dos arranjos produtivos nos Municípios Lindeiros ao lago de ITAIPU.

Comentários