A Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) divulgou neste sábado (1º) os conteúdos programáticos do Processo Seletivo Vestibular (PSV-UFMS 2021) e do Programa de Avaliação Seriada (PASSE) no portal Ingresso. Devido à situação de pandemia, ainda não há datas confirmadas para as provas, mas a previsão é de que sejam realizadas no final de janeiro ou início de fevereiro do próximo ano.

O pró-reitor de Graduação, Ruy Correa Filho explicou que a divulgação do conteúdo é importante para que os candidatos possam se preparar da melhor maneira possível. “Embora esse conteúdo seja baseado no que já é definido pela Secretaria de Educação do Estado, a divulgação pode ser utilizada como orientação para os estudos e também pelas escolas, para trabalharem com seus alunos. Neste ano, atendendo a solicitações dos alunos e representantes das escolas, especificamos ainda mais os critérios com relação à prova de redação. Então é importante que os interessados se atentem bem aos editais, para obterem os resultados esperados”, disse.

Para participar do Vestibular ou do PASSE não é necessária a realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A previsão é de que as provas sejam presenciais e de que em setembro deste ano sejam divulgados os editais de abertura dos processos seletivos, com informações sobre inscrições, entre outras.

Processos seletivos e Sisu

Após alguns anos utilizando somente o Enem e o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do Ministério da Educação (MEC) como processo seletivo para ingressantes, em 2017 a UFMS voltou a realizar o Vestibular e iniciou seu Programa de Avaliação Seriada (PASSE). Segundo o pró-reitor a inclusão desses processos foi para que a Universidade pudesse receber candidatos com maior interesse em estudar na UFMS e que tivessem maior probabilidade de permanência e menor de evasão. “Em especial, candidatos do nosso estado ou dos estados vizinhos. A proximidade com as famílias geralmente é um fator importante para seu sucesso”, pontuou.

O primeiro ingresso de estudantes por meio do Vestibular após seu retorno foi em 2018 e o primeiro ingresso por meio do PASSE foi em 2020, após as três provas realizadas ao final de cada ano do Ensino Médio. Junto aos dois processos seletivos foi mantido também nestes anos o ingresso por meio do Sisu, com a utilização do Enem.

Para 2021 ainda não há definição sobre a adesão da UFMS ao Sisu. “Estamos em um momento diferenciado, por isso estamos estudando todas as possibilidades, em busca do melhor para os candidatos e para a Universidade”, afirmou o pró-reitor. O professor finalizou lembrando ser de extrema importância o acompanhamento das informações no portal Ingresso UFMS, onde são publicados todos os editais referentes aos processos seletivos.

Comentários