19.8 C
Campo Grande
sábado, 20 de julho, 2024
spot_img

Vídeo: peixe em extinção que vive em cavernas é achado em rio de Bonito

Considerado raro, um exemplar da espécie Ancistrus formoso, ou popularmente chamado de ‘peixe cascudo-cego das cavernas’, foi encontrado por pesquisadores no Rio Formoso, um dos mais visitados por turistas em Mato Grosso do Sul, na cidade de Bonito.

A descoberta aconteceu durante uma expedição promovida pela equipe do Bioparque Pantanal, considerado o maior aquário de água doce da América, localizado em Campo Grande. O peixe está hoje classificado como criticamente ameaçado de extinção.

O exemplar não foi coletado, porém, o avistamento é visto como positivo, devido o animal ser endêmico na região, o que significa que só pode ser encontrado nos sistemas de caverna do Formoso.

Os pesquisadores detalharam ainda que este tipo de cascudo é uma espécie enigmática, existem pouquíssimos exemplares coletados décadas atrás. O cascudo faz parte da família dos bagres, existindo mais de mil espécies no Brasil.

A expedição foi composta também por profissionais da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), Universidade Federal do Pará (UFPA) e Universidade Federal de São Carlos (UFSCar).

Os pesquisadores explicam que a expedição foi a primeira visando coletar e observar a espécie ameaçada. O projeto é iniciativa do Cascudos do Brasil, com participação do Bioparque Pantanal no Centro de Conservação de Peixes Neotropicais.

Fale com a Redação