Fotos: divulgação PM-MS

A PM-MS (Policia Militar de MS) em Dourados apreendeu vários pacotes de drogas Skunk dentro de quarto de mais uma vitima de Covid-19 em Mato Grosso do Sul. Contudo, a polícia só chegou lá, após a irmã do morto descobrir o ‘trabalho’ e ‘herança’ deixada pelo irmão. Uma mulher de 39 anos, teria ido de Campo Grande a Dourados para providenciar o translado do jovem de 37 anos, que teria morrido no Hospital da Vida vítima do coronavirus. O fato bastante curioso ocorreu na manhã dessa sexta-feira (4), na cidade a 250 km da Capital.

Conforme registro da PM, dito pela mulher, que ela foi até ao apartamento que o irmão morava em Dourados, localizado na rua João Correa Neto – Jardim São Pedro, sendo que no local ao adentrar o quarto para pegar a documentação pessoal do irmão sentiu um forte odor de maconha. Com isto, ela aparentemente sem dúvidas, foi imediatamente até a delegacia e denunciou o caso. Uma equipe de Radio Patrulha do 3º Batalhão da PM foi até o local e ratificou a demanda e quantia de drogas amarzenada no local.

Vitima de Covid deixa tristeza e 'herança' a irmã em pacotes de droga

“Os policiais se deslocaram ate o apartamento que fica nas proximidades da delegacia, sendo autorizados pelo proprietário do imóvel, um homem de 68 anos, a adentrar ao quarto, sendo assim localizados sete pacotes de Skunk (super maconha) debaixo da cama. A droga totalizou 2,7 quilos”, registrou a PM.

Os policiais, sem mais poder responsabilizar o rapaz, que foi a óbito pela Covid, também foram atrás de identificaram a pessoa que teria feito alocação do apartamento via contrato, entretanto não foi possível localiza-la.

A investigar

O caso foi encaminhado a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário de Dourados, com todas as informações para que se possa apontar através de investigações, se há mais proprietário da droga ou mesmo se há fornecedor na região.

Bem como, se seria o rapaz e local, entreposto do trafico de drogas na área.

Vitima de Covid deixa tristeza e 'herança' a irmã em pacotes de droga
Comentários