O caso deverá ser investigado pela Dpca. (Foto/Divulgação PC-MS)

A mãe se ausentou por poucos minutos para ir até uma farmácia próxima, quando o fato ocorreu

Na noite desta quinta-feira (20) uma criança de 12 anos foi estuprada em quanto dormia em sua casa. O crime aconteceu após um vizinho invadir a residência enquanto a mãe da criança saiu para comprar remédios em uma farmácia no bairro Guanandi em Campo Grande, onde moram.

Segundo consta no Boletim de Ocorrência, a PM (Polícia Militar) foi chamada pela mãe da vítima que relatou a polícia ter saído de casa por volta das 18h, para comprar remédios em uma farmácia próxima e, que ao retornar encontrou a filha agindo de forma estranha.

Preocupada, a mãe teria questionado a filha, que insistiu em não ter acontecido nada, porém após insistência ela acabou revelando ter acordado assustada com um homem em cima dela e que o mesmo teria tampado sua boca e a estuprado. Na sequência a criança disse ter desmaiado e não se lembrar de mais nada. Ainda conforme o boletim, a menina toma remédios controlados que causam sono pesado.

A vítima foi encaminhada para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Jardim Leblon, onde a equipe médica confirmou penetração, através da observação do rompimento do hímen.

O caso foi registrado na Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) e será apurado pela Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente). A polícia militar segue trabalhando em busca do suspeito.

Comentários