Novas políticas do WhatsApp mudam a privacidade em conversas com negócios (Foto: Pixabay)

Envolta em muita polêmica desde que foi anunciada no início deste ano, a mudança na política de privacidade do WhatsApp, que pertence ao Facebook, passará a valer a partir de hoje (15). Usuários vêm recebendo mensagens para revisar e aceitar os novos termos, sob pena de terem suas funções limitadas dentro do aplicativo.

Na prática, o Facebook declarou que as novas condições “permitirão o compartilhamento de informações adicionais entre WhatsApp e Facebook e outros aplicativos como Instagram e Messenger”. Isso inclui dados do perfil, mas não o conteúdo das mensagens, que seguem sendo encriptadas, de acordo com a empresa.

Em seu site oficial, o WhatsApp diz que “o uso dos recursos do app será limitado até que você aceite os Termos de Serviço e a Política de Privacidade atualizados, porém, nem todos os usuários terão essas mudanças ao mesmo tempo”. O que ocorrerá, então, é que, se não aceitar os novos termos, o usuário perderá o acesso livre ao WhatsApp ao longo de dias, ou até meses, mas a sua conta continuará a existir, segundo a companhia. 

Após receber uma recomendação de Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade),  Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD),  Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) e  Ministério Público Federal (MPF) na semana passada, o WhatsApp se comprometeu a não proibir o acesso por 90 dias de usuários ao aplicativo mesmo que eles não tenham concordado com a nova política de privacidade.

O WhatsApp passou por maus bocados após o anúncio de que a plataforma mudaria seus termos de privacidade, o que fez a rede perder muitos usuários que migraram suas conversas para aplicativos rivais, como o Telegram e Signal, segundo informações do site Gazeta Brasil. Por conta de toda a polêmica criada, a empresa preferiu adiar a data de início de seus novos termos de uso, contudo, após a maré ter baixado, o WhatsApp bateu o pé e disse que suas novas regras passam a valer a partir deste sábado.

Comentários