O autor foi preso nesta segunda-feira (10), com a arma que pode ter sido usada no crime (Foto: Divulgação)

Adolescente é morto com três tiros enquanto bebia com dois amigos em casa. A noticia foi dada logo cedo pelo Enfoque MS, mas não havia preso e nem uma causa para homicídio, se é que há algum justificativa para morte trágica, ainda mais de jovem começando a vida. E o pior de tudo, é que o autor do crime foi preso nesta segunda-feira (10) e se descobriu que foi morto por engano, o adolescente executado com três tiros, na tarde deste domingo em bairro de Dourados. A vitima foi Gustavo Belarmino Bogarim, morto na segunda maior cidade de MS, a 230 KM de Campo Grande.

O assassinado ontem de Gustavo, foi na rua Dom Pedro I, bairro Jardim Canaã I, em Dourados, onde ele levou três tiros que acertaram rosto e axila. Hoje, o autor dos disparos e a morte, foi preso pelo delegado do SIG (Setor de Investigações Gerais), Erasmo Cubas.

Conforme o delegado, momentos antes do crime, o autor do crime, de 22 anos, teria se encontrado com a vítima e outros dois amigos, o Danilo e o Vinicius, em uma conveniência. “O autor e os dois últimos teriam se desentendido, e em seguida deixaram o local. Gustavo e os outros rapazes foram para a residência”, relata Cubas.

Após, o agora acusado, passou em frente da casa por cerca de três vezes, até que parou, se dirigiu ao portão, perguntou se tinha droga e começou a efetuar os disparos, no entanto, a polícia acredita que os alvos seriam Danilo e Vinicius, que conseguiram correr.

Encontrado com arma crime

Hoje, ao ser abordado, o jovem homicida estava com um revólver calibre 38 e questionado sobre o crime, ele negou. Mas, ele foi encaminhado para a delegacia e autuado em flagrante por porte ilegal de arma e homicídio.

Adolescente executado ontem acabou sendo morto por engano
(Foto: Adilson Domingos)
Comentários