Ministério da Saúde aponta para 335 novos óbitos e 14.318 diagnósticos da doença respiratória causada pelo coronavírus nas últimas 24 horas

Ministério da Saúde aponta para 335 novos óbitos e 14.318 diagnósticos da doença respiratória causada pelo coronavírus nas últimas 24 horas.

Ainda de acordo com o balanço oficial do governo, 4.060.088 pessoas se curaram da doença e outros 530.480 casos estão em acompanhamento. A taxa de letalidade da covid-19 no Brasil é de 3%.

Desde o início da pandemia, mais de 32,9 milhões pessoas foram infectadas em todo o mundo. Do total de doentes, mais de 995 mil morreram, segundo a Universidade Johns Hopkins.

Mato Grosso do Sul

O Estado registrou mais 258 exames positivos para o novo coronavírus (Covid-19) hoje. Com isso, o número de casos confirmados da doença no Estado chega a 68.092. Foram registrados ainda mais 14 óbitos, totalizando 1.263 mortes pela doença. As informações foram apresentadas no boletim epidemiológico de hoje pelas redes sociais do governo do estado.

Somente na Capital foram registrados mais 144 novos casos, em seguida vêm Três Lagos com 31, Corumbá com 25 e Dourados com 16, entre os que registraram maior número de novas confirmações.

Dos 68.092 casos confirmados, 6.831 estão em isolamento domiciliar, 59.998 estão sem sintomas e já estão recuperados e 474 estão internados em MS e mais cinco em outros estados, sendo 232 em leitos clínicos e 243 em leitos de UTI. Na macrorregião de Campo Grande 76% dos leitos já estão ocupados.

Em relação as 14 mortes, seis foram registradas em Campo Grande e duas em Miranda. As demais foram em Aquidauana, Chapadão do Sul, Corumbá, Paranaíba, Ponta Porã e Três Lagoas.

Programa “Rastrear”

A Secretaria de Saúde aposta no programa “Rastrear” que está sendo implantado nos 79 municípios do MS, para diminuir a taxa de contaminação (que está em 1,06) com monitoramento dos contatos de cada paciente testado positivo para o Covid 19. A iniciativa do Governo do Estado é pioneira no Brasil.

*com informações R7

Comentários