Teste de covid em laboratório. (Foto: Edemir Rodrigues/Gov MS)

O Brasil registrou, nesta terça-feira (1º), 929 mortes por Covid-19 e 193.465 novos casos diagnosticados, o terceiro recorde consecutivo apenas nesta semana, de acordo com os dados enviados pelos estados ao Ministério da Saúde e ao Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde).

Com o balanço de hoje, o país contabiliza 628.067 óbitos e 25.620.209 pessoas que já foram diagnosticadas com a doença. De acordo com o Ministério da Saúde, mais de 22 milhões de pessoas já se recuperaram da Covid-19 no país.

Segundo o Conass, a taxa de letalidade do coronavírus no Brasil é de 2,5%, e a taxa de mortalidade por cada 100 mil habitantes é de 298,9. A média móvel de óbitos nos últimos sete dias é de 603, e a média móvel de novos casos é de 186.985.

Mato Grosso do Sul

No Mato Grosso do Sul, os números da Covid-19 continuam em alta. Nas últimas 24 horas foram confirmados 4.902 novos casos de infecção pela doença, elevando a média móvel para 3.197 casos nos últimos sete dias.

Também foram registrados 18 óbitos no Estado, ocorridos em Campo Grande (7), Dourados (2), Taquarussu (1), Rio Brilhante (1), Camapuã (1), Batayporã (1), Naviraí (1), Amambai (1), Bonito (1), Terenos (1) e Sidrolândia (1). A média móvel indica que o Estado registrou 12,6 mortes diárias na última semana.

Os dados constam no boletim epidemiológico desta terça-feira, dia 1º, que também trouxe a taxa global de ocupação de leitos: 70% em todas as macrorregiões. A macro de Dourados está com 88%, Campo Grande com 81%, e Três Lagoas e Corumbá com ocupação de 71%. 

A taxa de letalidade da influenza no Estado é de 18,1%.

Comentários