Detran, Pátio Central. (Foto/Divulgação)

Capacidade de atendimento médico e psicológico dobram com nova implantação

O Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul (Detran-MS) entrega, nesta quarta-feira (14), a Central de Exames Maria Solange Félix e Silvio Haddad. Localizada no Pátio Central, em Campo Grande, a unidade vai concentrar todo o atendimento de exames de aptidão física e mental, de perícia psicológica e de médico especial aos candidatos à primeira habilitação, renovação de CNH (Carteira Nacional de Habilitação), mudança de categoria e reabilitação de condutores e permissionários. Todos os exames, que até hoje eram feitos na sede do Detran, na saída para Rochedo, serão transferidos para a Central.

Em um espaço moderno, seguro e de fácil acesso, a Central de Exames está distribuída em 761 metros quadrados, no terceiro andar do Pátio Central e abriga nove salas de atendimento médico e seis para atendimento psicológico.

De acordo com a diretora de Habilitação do Detran-MS, Lina Issa Zeinab, a Central de Exames tem a capacidade de atender até 500 pessoas por dia. “Vamos proporcionar maior conforto e segurança aos clientes, com localização mais acessível e instalações adequadas”, afirmou a diretora.

Desde o dia 15 de março, os serviços relacionados à habilitação, emissão de carteira definitiva, segunda via e Permissão Internacional para Dirigir estão sendo executados exclusivamente pelo Portal de Serviços do Detran-MS. “Dessa forma, o atendimento é feito com horário previamente agendado, evitando aglomerações neste período delicado de pandemia pelo qual estamos passando. Sem contar que o cliente pode ordenar seu atendimento de acordo com a sua necessidade”, enfatizou a diretora.

Central de Exames Maria Solange Félix e Sílvio Haddad

Ao inaugurar a nova Central de Exames, o diretor-presidente do Detran-MS, Rudel Trindade, lembra que foi feita uma justa homenagem a dois profissionais cujos nomes fazem parte da história do Departamento: a psicóloga Maria Solange Félix e o médico Silvio Haddad, ambos especialistas em psicologia e medicina do tráfego.

Maria Solange acreditava que a psicologia poderia contribuir na disseminação de uma cultura de paz no trânsito, do respeito à cidadania e da solidariedade entre as pessoas. Ela atou no Detran de São Paulo e do Mato Grosso do Sul e foi diretora-científica da Associação Brasileira de Educadores de Trânsito. Solange também foi membro da Câmara Temática de Saúde e Meio Ambiente do Denatran (Departamento Nacional de Trânsito).

Silvio Haddad era membro titular da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular. Foi Diretor-Científico da Associação Brasileira de Perícias Médicas e Medicina Legal de Mato Grosso do Sul, diretor-presidente da Abramet-MS (Associação Brasileira de Medicina do Tráfego de Mato Grosso do Sul) e diretor-técnico responsável pelo Centro de Atendimento Médico Pericial do Estado.

Rudel lembra que, a intenção era, celebrar esse instante com toda pompa que ele merece. “Gostaríamos de poder chamar a família, os amigos próximos, as autoridades na área para essa homenagem e também para comemorar a inauguração de um espaço confortável e seguro para nossos clientes. No entanto, sabemos que este não é o momento e reconhecemos a necessidade de resguardarmos a saúde de todos, o que não diminui nosso apreço pelas homenagens e pela entrega desse espaço, que foi planejado com muito cuidado por todos nós”, finalizou.

Comentários