Programa Recalcula ocorreu na segunda-feira. (Foto/Divulgação).

O programa foi desenvolvido pela Segov para ensinar de forma didática para a população

A primeira edição do Programa Recalcula ocorreu na segunda-feira (4) e reuniu cerca de 100 pessoas entre comunidade e alunos do EJA (Educação de Jovens e Adultos), na E.M. Januário Pereira de Araújo. O programa foi desenvolvido pela Prefeitura de Dourados, através da Segov (Secretaria Municipal de Governo) em parceria com a Semed (Secretaria Municipal de Educação), com o objetivo de ensinar de forma didática educação financeira e aplicá-lo no dia a dia.

Nesta terça-feira (5), uma nova palestra será realizada na E.M. Armando Campos Belo e será aberta gratuitamente para toda a população. No total, serão debatidos quatro temas: Finanças Pessoais, Direito do Consumidor, Empreendedorismo e Inovação. As palestras ocorrem em datas distintas, em ambas escolas já citadas, com início às 19h.

A primeira palestrante é Mirtes Souza, assistente de desenvolvimento do cooperativismo (Sicredi) e facilitadora em gestão de finanças pessoais da OCB/Banco Central. A apresentação contou com a participação da população e apresentou estratégias de como controlar os gastos e administrar melhor a renda familiar. Além dos alunos do EJA, estiveram presentes famílias da região.

Em Dourados, 100 pessoas aderem a primeira palestra do Programa Recalcula

De acordo com o coordenador de Projetos Estratégicos da Segov, Denis Schmeisch, a gestão enxergou uma oportunidade de ajudar a população com a administração dos recursos próprios. “Nós temos trabalhado para gerar um efeito cascata, ensinando os pais, que ensinarão as crianças, e assim iremos contribuir para uma geração mais consciente e menos endividada”, pontuou.

A última publicação realizada pelo Peic (Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor), programa da CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo), aponta que o percentual de famílias brasileiras com dívidas atingiu 72,9% no mês de agosto, um novo recorde mensal. Isso representa que um em cada quatro brasileiros (25,6%) não estão conseguindo quitar as dívidas no prazo.

Além do número de famílias endividadas, também está aumentando o percentual de famílias com mais de 50% da renda mensal comprometida com suas dívidas. Essa proporção chegou a 21,1% do total de famílias endividadas em agosto.

“Nós acreditamos que quanto mais consciente tiver a população sobre os seus gastos e sobre a sua realidade financeira, mais liberdade ela terá para fazer aquilo que almeja e para se programar com a renda que tem disponível”, ressaltou Denis.

Cronograma

E.M. Armando Campos Belo – Rua João Paulo Garcete 4825, Jardim Piratininga.

05/10 – Finanças pessoais (19h)
21/10 – Direito do Consumidor (19h)
11/11 – Empreendedorismo (19h)
25/11 – Inovação (19h)

E.M. Januário Pereira de Araújo – Rua dos Alpes 826, Jardim Itália.

04/10 – Finanças pessoais (19h)
18/10 – Empreendedorismo (19h)
03/11 – Direito do consumidor (19h)
22/11 – Inovação (19h)

Comentários