29.8 C
Campo Grande
sexta-feira, 23 de fevereiro, 2024
spot_img

Estratégia ‘nota 10’ da PM faz Carnaval de Campo Grande ser muito mais seguro para os foliões

Com o aumento do policiamento e a estratégia de isolamento do entorno da Esplanada Ferroviária, o Carnaval de Campo Grande não registrou nenhuma ocorrência considerada grave durante essas três primeiras noites de folia, que juntas reuniram 33 mil pessoas para curtir a festa de rua mais popular do País.

Saiba mais:

Entre a sexta-feira (9) e a manhã desta segunda-feira (12) foram registradas apenas cinco prisões em flagrantes de foliões, conforme os dados divulgados pelo Comando de Policiamento Metropolitano de Campo Grande (CPM).

Na primeira noite, um adolescente foi apreendido por portar drogas para consumo pessoal. No sábado, outra pessoa foi flagrada com entorpecentes, neste caso, o segurança particular do bloco foi levado a delegacia como testemunha e acabou preso em razão de pensão alimentícia. No mesmo dia, uma pessoa foi presa por dirigir sob efeito de álcool. Já no domingo, um folião foi detido por resistência e desobediência.

Conforme a estimativa da Polícia Militar, na sexta-feira cerca de cinco mil pessoas estiveram na Ferroviária, no sábado esse número aumentou para 13 mil e no domingo foram contabilizados 15 mil foliões. Para garantir a segurança de todo esse público, foram alocados 650 militares por dia em pontos estratégicos da área reservada para a festa.

O comandante do CPM, coronel Emerson de Almeida Vicente, frisa que até o momento o carnaval está dentro da expectativa de planejamento. “Esse é o segundo ano consecutivo com índices quase que zeros de ocorrência, com nenhuma ocorrência grave e também não sendo necessário o uso da força para término de evento, como ocorreu em alguns anos”.

Ele citou que a estratégia de segurança colocada em prática é a mesma usada no Carnaval de 2023, quando os números de ocorrências também foram considerados baixos ante ao histórico que a festa popular registrava em Campo Grande, quase sempre com brigas, confrontos, acidentes e furtos.

“Em 2023, nós iniciamos a prática de fazer o fechamento da Esplanada Ferroviária, ou seja, interrompendo o fluxo de trânsito em algumas vias e colocando dois acessos para os foliões. Essa postura foi tida como um sucesso naquele ano e, dessa forma, repetimos a mesma estratégia, só que estamos colocando mais policiamento”, declarou o coronel.

Estratégia 'nota 10' da PM faz Carnaval de Campo Grande ser muito mais seguro para os foliões
Policiamento durante os blocos de rua em Campo Grande (Foto: PMMS)

Para essa segunda-feira, o Carnaval oferta mais um bloco de rua e também a primeira noite de desfile das escolas de samba de Campo Grande. Confira a agenda abaixo:

Capivara Blasé – Não dá tempo nem de sentir saudade, porque o Capivara Blasé volta a agitar o público em seu segundo dia de bloco, no mesmo local e horário. Vai ter marchinha e matinê para a criançada. Os shows no palco vão até 23h.

Horário: 15h às 23h
Local: Esplanada Ferroviária – Av. Calógeras, 3143 – Centro
Entrada: gratuita

Desfile das escolas da capital (dia 1) – A abertura dos desfiles das escolas de samba da Cidade Morena será com Herdeiros do Samba. Logo depois vem Cinderela Tradição do José Abrão, Vila Carvalho e Catedráticos do Samba.

Horário: a partir das 19h
Local: Praça do Papa – Av. dos Crisântemos, 457 – Vila Sobrinho
Entrada: gratuita

Fale com a Redação