CPF, Receita Federal. (Foto/Divulgação)

Alerta divulgado pela Receita Federal aponta para a existência de golpes com base em uma suposta regularização do CPF (Cadastro de Pessoa Física). As falsas mensagens estão sendo enviadas via SMS, WhatsApp e e-mails, onde acusa uma situação irregular a ser resolvida e também dão um link que induzem a pessoa a pagar uma taxa falsa com a finalidade de regularização do documento.Golpistas estão enviando mensagens falsas sobre a regularização de CPFGolpistas estão enviando mensagens falsas sobre a regularização de CPF

De acordo com a Receita, já foram registrados casos de pessoas que pagaram o valor e que só descobriram que não havia qualquer pendência ao procurar a sede do órgão. Em outros casos, havia pendências, como ausência de declaração e multas por atraso, de modo que o valor pago, no caso, R$ 275,00, de nada serviu.

Outra vítima pagou a taxa falsa, o serviço não foi executado e ele procurou a instituição. Ao fazer a pesquisa, a declaração entregue estava totalmente zerada. A empresa teria afirmado para ele que a retificação custaria mais R$ 170. A regularização de CPF, no entanto, é gratuita e deve ser feita pelo site oficial da Receita Federal.

Além disso, os alertas enviados pela Receita não trazem qualquer link de acesso. “Ao entrar, o contribuinte deve selecionar a opção ‘Meu CPF’, em que encontrará orientações sobre como corrigir sua situação cadastral de acordo com a irregularidade no sistema”, explicou a Receita.

A abordagem dos criminosos nas mensagens traz a identificação como “Receita” e utilizando o termo IRPF, assim como as cores da entidade e da bandeira nacional. Esses detalhes levam a vítima a acreditar que se trata de uma mensagem de um órgão oficial do governo federal, o que é falso.

Comentários