Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. (Foto/Divulgação UFMS)

O Guia de Atividades Acadêmicas foi atualizado com orientações para os estudantes, professores e técnicos-administrativos para o início do calendário letivo em 7 de março de 2022. Na nova versão, o documento traz informações sobre a adoção do modelo de aprendizagem híbrida. 

“O guia é atualizado semestralmente para refletir as diretrizes institucionais a partir do Plano de Contingência e do Plano de Biossegurança”, pontua o pró-reitor de Graduação, Cristiano Costa Argemon Vieira.

O pró-reitor reforça que a Universidade deixou de utilizar o ensino remoto de emergência e passou a adotar o modelo híbrido. “A UFMS, por meio dos conselhos superiores, adotou o modelo de aprendizagem híbrida, que combina atividades presenciais e online por meio de atividades síncronas ou assíncronas”.

O diretor da Agência de Educação Digital e à Distância (Agead), Hércules Sandim, afirma que o guia traz uma nova realidade para o ensino, na qual os professores podem mesclar diferentes formatos. Com o modelo híbrido, os estudantes poderão ter aulas presenciais, semipresenciais e com transmissão ao vivo. “A partir deste novo cenário pós-pandemia, aprendemos muitas tecnologias e alternativas interessantes para os processos de ensino e aprendizagem”, diz Sandim. 

Guia de Atividades Acadêmicas da UFMS é atualizado com orientações sobre ensino híbrido

O modelo presencial é o modo tradicional de aprendizagem em que 100% da carga horária da disciplina é oferecida na sala de aula; o semipresencial mescla o presencial com o EaD; e o método de transmissão tem parte dos estudantes presentes, enquanto o restante dos acadêmicos acompanha remotamente.

Além de orientações para os estudantes, o guia também é voltado para professores e técnicos. O diretor destaca que os docentes precisam fazer os cursos oferecidos pela Agead. “Neste sentido, o curso de formação em EaD é de extrema importância para que os nossos professores estejam capacitados para aplicar tais metodologias em suas disciplinas”.

Iniciativa pioneira no país

O guia passou a ser adotado no primeiro semestre de 2020, quando a UFMS foi pioneira no âmbito nacional ao lançar o documento com orientações durante o período de pandemia junto ao Plano de Biossegurança. A publicação é elaborada em conjunto pelas pró-reitoras de Graduação (Prograd), de Pesquisa e Pós-graduação (Propp), de Assuntos Estudantis (Proaes), de Extensão, Cultura e Esporte (Proece), pelas Agências de Educação Digital e à Distância (Agead) e de Tecnologia da Informação e Comunicação (Agetic). 

“Nele contém informações e orientações para toda comunidade universitária sobre o desenvolvimento das atividades de ensino, pesquisa, extensão, inovação e empreendedorismo”, complementa o pró-reitor de Graduação.

Confira aqui o guia completo.

Comentários