Divulgação


Logo no começo da pandemia, com o início das medidas de prevenção adotadas pelo Poder Judiciário, o Juizado de Trânsito de Campo Grande alterou seu formato de trabalho, auxiliando a população com a van estacionada diretamente na sede do juizado. Hoje, uma van está em circulação, garantindo assim o atendimento também pelas ruas da cidade, das 7 às 19 horas, todos os dias da semana.

Além disso, depois das 19 horas, o serviço permanece em funcionamento exclusivamente na sede do juizado, onde há a presença de um conciliador até as 22 horas para a elaboração de acordo e registro de boletim de ocorrência. Desde o início da quarentena até o dia 30 de junho, foram realizados 614 atendimentos pelo Juizado de Trânsito, entre conciliações e sessões.

Embora já proporcionado ao jurisdicionado um atendimento presencial, todas as regras de prevenção estão sendo tomadas, incluindo o uso de máscara, álcool em gel e a verificação da ausência de sintomas de febre ou qualquer suspeita de Covid-19. Além disso, houve a redução de duas para uma van em circulação e a redução do horário de circulação desta, reforçando que ocorrências acionadas das 19 até as 22 horas são atendidas somente na sede do juizado.

A circulação da van retornou no dia 13 de abril e hoje, a exemplo do período anterior à pandemia, a equipe presta o atendimento no local do acidente, porém vale destacar que o Juizado de Trânsito auxilia os motoristas naqueles sinistros onde houve apenas danos materiais, sem vítimas.

Aquele cidadão que não conseguiu realizar o chamado, ou se dirigir pessoalmente à sede no momento da ocorrência, está sendo orientado a adotar procedimentos para abertura de ação no Juizado de Trânsito.

Então, se você se envolveu em um acidente de trânsito sem vítimas, e deseja acionar o Juizado de Trânsito, o primeiro passo é ligar para 0800 647 1333.

A sede do Juizado de Trânsito está localizada na Rua Antônio Correa, 85, entre as ruas Rui Barbosa e Pedro Celestino, cerca de 50 metros da Av. Fernando Corrêa da Costa.

Saiba mais – O Juizado de Trânsito atende acidentes sem vítimas envolvendo veículos como motos, carros, caminhões e ônibus quando não há dano ao patrimônio público; quando inexistir veículo oficial envolvido; quando não houver mortes ou pessoas feridas; quando inexistir indícios de crime de trânsito como, por exemplo, conduzir veículo sob efeito de álcool, dentre outras hipóteses.

Na maioria das vezes, as duas partes envolvidas no acidente comparecem ao local. Mas o serviço pode ser buscado por apenas um dos motoristas envolvidos, desde que esta pessoa informe a placa do outro veículo.

Caso haja consenso entre as partes, o acordo é formalizado na hora.

Comentários