Entrega aos Bombeiros , de novas viaturas, aeronaves e barcos. (foto: Chico Ribeiro)

Iniciando a semana com todo gás, foi realizado durante a manhã desta segunda-feira (14) a cerimônia de entrega de uma nova frota para a água, ar e terra para a equipe do Corpo de Bombeiros Militar (CBMMS), são mais de R$5,6 milhões investidos em novas viaturas, aeronaves e barcos. O destaque ficou por conta do avião Air Tractor AT8020F – Xaraés e da autorização para a compra de uma segunda aeronave, com o mesmo objetivo.

Em uma cerimônia no hangar do Corpo de Bombeiros no Aeroporto Santa Maria, o governador Reinaldo Azambuja explicou que as entregas fazem parte do projeto de melhoria das estruturas do Estado para melhor atender a população. “Em 2014 percorri praticamente os 79 municípios de MS. Inclusive, tenho registros de cidades que nós tínhamos lá caminhões Mercedes 1980, 1974, 1975. Uma estrutura muito obsoleta pela responsabilidade que nós temos com as estruturas de Estado.

Mais de R$ 56,6 milhões são entregues em aeronaves, viaturas e embarcações ao Corpo de Bombeiros

“Aí eu deleguei ao Eduardo (Riedel, então secretário de Governo e Gestão Estratégica), na época, ao secretário Carlinhos (Antonio Carlos Videira, de Segurança Pública) também, desde o primeiro momento conosco, aos comandantes, de trabalhar essa reestruturação e ela efetivamente foi ocorrendo em todos os sentidos. Vamos passar de 2100 viaturas entregues”, disse o governador.

Reinaldo Azambuja lembrou que os incêndios no Pantanal tiveram uma redução de 50% no ano passado e anunciou a aquisição de dois caminhões dos bombeiros equipados com a autoescada, conhecida como “Magirus”, para atender Dourados e Três Lagoas, e de 14 caminhões autobomba tanque para combate a incêndios florestais.

A cedência e autorização para aquisição da aeronave de combate a incêndios florestais e as entregas das viaturas e embarcações fazem parte do plano de trabalho de combate a incêndios florestais criado pelo Corpo de Bombeiros Militar. O Termo de Cedência da aeronave Air Tractor AT-802F autoriza o Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul) a ceder o avião para o Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul, para utilização no combate a incêndios florestais. Por meio deste acordo firmado entre as partes o avião será operado pelos pilotos do Grupamento de Operações Aéreas (GOA) do CBMMS.

Mais de R$ 56,6 milhões são entregues em aeronaves, viaturas e embarcações ao Corpo de Bombeiros

A aeronave Air Tractor (modelo AT-802F) chegou dos Estados Unidos em dezembro do ano passado e foi adquirida com recursos do Imasul pelo valor de R$ 14 milhões. É a primeira aeronave para combate específico a incêndios florestais e enfrentamento das chamas no Pantanal. Tem capacidade de transportar até 3 mil litros de água e é apontado mundialmente como um dos melhores equipamentos para combate a incêndios florestais, principalmente em locais de difícil acesso às equipes terrestres de bombeiros.

De acordo com o secretário Jaime Verruck (Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), Mato Grosso do Sul está investindo pesado no combate aos incêndios florestais porque as mudanças climáticas favorecem o aparecimento de queimadas a qualquer momento. “As mudanças climáticas estão aí. Vamos ter combate aos incêndios ao longo dos 12 meses”, disse.

Para o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antônio Carlos Videira, a redução de 50% dos focos de incêndio e os resultados da área são frutos de um investimento inédito na história de Mato Grosso do Sul. “Estou há 32 anos na segurança pública e nunca vi isso. São investimentos como nunca vistos e não só em quantidade, mas também em qualidade. Hoje estamos recebendo o que há de mais moderno não no País, mas no mundo. Isso mostra a preocupação do governador Reinaldo Azambuja com o que temos de mais importante e valioso que são os nossos homens, no caso, os bombeiros. É a certeza de bons serviços prestados”, disse.

Mais uma aeronave

Reinaldo Azambuja ainda autorizou o Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul a comprar uma aeronave igual a que está sendo cedida pelo Imasul, mesmo modelo – Air Tractor AT-802F – para reforçar a frota de combate a incêndios florestais em todo Mato Grosso do Sul. O custo também é de R$ 14 milhões.

Mais de R$ 56,6 milhões são entregues em aeronaves, viaturas e embarcações ao Corpo de Bombeiros

Este avião de combate a incêndio florestal é o mais moderno do mundo na categoria, com capacidade de 3.100 litros de água, por lançamento nos incêndios florestais, possibilitando pousos e decolagens nas mais diversas pistas do estado de Mato Grosso do Sul, principalmente nas pistas das fazendas do bioma Pantanal, proporcionando mais efetividade nas ações de combate aéreo, em conjunto com o combate terrestre.

O presidente da Assembleia Legislativa, Paulo Corrêa, afirmou que as estruturas de combate ao incêndio foram modernizadas. “O que víamos no Copo de Bombeiros antes do governo Reinaldo era de assustar. Nós avançamos muito. É igual a escada Magirus, que era da época do edifício Nakao. Da mesma forma, o governador entregou agora o melhor avião”, disse. O Edificio Nakao, construído em 1948, na Rua 14 de Julho foi o mais alto de Campo Grande, apesar de ter apenas cinco andares.

Já o presidente do sistema Famasul, Marcelo Bertoni, destacou a importância da estrutura para produtores rurais e ribeirinhos. “É uma alegria que vai beneficiar muito a nossa população e os proprietários rurais. Com todas essas viaturas, tenho certeza de que haverá uma melhoria. Os bombeiros já eram eficientes e agora vão ser mais”.

E o comandante do Corpo de Bombeiros Militar, coronel Hugo Djan Leite, contou que os investimentos só foram possíveis graças ao empenho do secretário Eduardo Riedel (Infraestrutura), que comandou a pasta de Governo e Gestão Estratégica. Ele destacou ainda a importância da aquisição das aeronaves de combate à incêndios. “É a concretização de um sonho”, resumiu.

Entregas de viaturas e embarcações

Foram entregues ainda uma viatura autotransporte de combustível, que é um caminhão de transporte de querosene de avião, com capacidade para 6.000 litros; 25 viaturas de auto salvamento – caminhonetes utilizadas para o transporte das equipes de combate a incêndios florestais; 5 lanchas de 19 pés com reboques, para transporte das tropas; e, 4 barcos multifuncionais com reboques, também utilizados para transportes de efetivos.

O total investido pelo Governo do Estado em viaturas e embarcações para o Corpo de Bombeiros Militar, com o objetivo de proporcionar logística necessária para as ações de combate aos incêndios florestais no bioma Pantanal, combinando ações aéreas e terrestres é de R$ 21.137.713,00, somados a este valor os R$ 28 milhões empregados nas aquisições das aeronaves, perfaz um total de R$ 56,6 milhões em investimentos.

Distribuição

Serão beneficiados com as entregas os municípios de Campo Grande (3 VTR auto salvamentos); Corumbá (2 lanchas multifunções, 1 lancha 115 HP e 1 VTR auto salvamento); Dourados (1 VTR auto salvamento); Três Lagoas (1 lancha multifunção, 1 lancha 115 HP e 1 VTR auto salvamento); Porto Murtinho (1 lancha multifunção); Coxim (1 lancha 115 HP); Naviraí (1 lancha 115 HP e 1 VTR auto salvamento); Aparecida do Taboado (1 lancha 115 HP e 1 VTR auto salvamento);  Nova Andradina (1 VTR auto salvamento);  Paranaíba (1 VTR auto salvamento);  Bonito (1 VTR auto salvamento); Caarapó (1 VTR auto salvamento); Fátima do Sul (1 VTR auto salvamento); Mundo Novo (1 VTR auto salvamento); Amambai (1 VTR auto salvamento); Bataguassu (1 VTR auto salvamento); Maracaju (1 VTR auto salvamento); Sidrolândia (1 VTR auto salvamento); Costa Rica (1 VTR auto salvamento); Rio Brilhante (1 VTR auto salvamento); Nova Alvorada (1 VTR auto salvamento) e São Gabriel D’Oeste (1 VTR auto salvamento).

Também participaram do evento os secretários Eduardo Riedel (Infraestrutura), Ana Carolina Nardes (Administração e Desburocratização), Sérgio de Paula (Casa Civil) e Pedro Chaves (especial de Assuntos Estratégicos no Distrito Federal); os deputados federais Bia Cavassa, Loester Trutes, Luiz Ovando e Beto Pereira; e os deputados estaduais Mara Caseiro, Paulo Duarte e Gerson Claro; e os comandantes da Polícia Civil, delegado Adriano Geraldo Garcia, e da Polícia Militar, Coronel Marcos Paulo, entre diversas autoridades.

Comentários