Foto: Assessoria

O pré-candidato do PSD ao Governo de Mato Grosso do Sul, Marquinhos Trad, cumpre agenda na Região do Bolsão nesta semana. Durante reuniões e visita ao comércio, reclamações sobre problemas antigos que atingem a região há muitos anos.

“Recebi muitos pedidos. Pessoas que estão desacreditadas com a política realizada atualmente no Estado. Há muitos anos a população pede, por exemplo, uma solução para a chamada ‘rodovia da morte’, que já levou muitas vidas. No Assentamento Serra, aqui em Paranaíba, onde residem mais de 100 famílias, há um sistema de captação de água implantado há mais de 15 anos e que até hoje não funciona. Pessoas padecendo há muitos anos, sem que nada seja feito. É isso que vamos mudar”, garantiu.

Em Inocência, Marquinhos acompanhou as dificuldades de moradores que estão há mais de três anos sem o hospital municipal, um problema que só foi resolvido com emenda do senador Nelsinho Trad.

“Infelizmente, não olham as necessidades básicas da população. Nesta microrregião, 1.832 pessoas estão aguardando atendimento em Campo Grande. Nos assentamentos aqui no Município instalaram energia elétrica em uma pequena parte e a maioria continua na escuridão, por falta de atenção com as pessoas que mais precisam”, destacou Marquinhos.

O pré-candidato do PSD recebeu pedidos de pavimentação da MS-316, rodovia que liga Inocência a Aparecida do Taboado, muito importante para escoar a produção, mas que ficou apenas na promessa, e pista de ciclista e pedestres às margens da MS-112, de Inocência até o trevo de saída para Campo Grande.

“Vou levar à nossa gente uma vida mais digna, construindo mais casas, mais saúde. Uma política de planejamento administrativo, sem aumento de impostos, diferenciada, para desenvolvimento da região. Qualificação da mão de obra local e incentivo a cooperativas para ampliação da renda e geração de emprego, uma necessidade em quase todos os municípios de Mato Grosso do Sul”, concluiu.

Comentários