28.8 C
Campo Grande
quarta-feira, 24 de julho, 2024
spot_img

Mediante acordo, comércio de Campo Grande pode abrir no dia padroeiro da cidade

Nesta quinta-feira (13), feriado municipal de Santo Antônio, padroeiro de Campo Grande, a abertura do comércio é facultada ao empregador da Capital, conforme estabelecido em Convenção Coletiva de Trabalho, firmada entre o Sindicato do Comércio Varejista de Campo Grande (Sindivarejo CG), Fecomércio MS e o Sindicato dos Empregados no Comércio de Campo Grande.

Os empresários que irão abrir seus empreendimentos precisam compensar o empregado pelo dia trabalhado com uma folga, a ser concedida preferencialmente na semana seguinte e no intervalo máximo de 15 dias. Também, conforme estabelecido em convenção, os empresários devem ter informado ao sindicato laboral -por escrito -, a intenção de abrir as portas, até a última sexta-feira, mediante pagamento de R$ 20,00 por empregado, ficando isento quanto aos empregados e empresas contribuintes aos sindicatos.

O gerente sindical da Fecomércio MS, Fernando Camilo, ainda lembra que “os empregados contribuintes ao sindicato laboral terão direito ainda a uma indenização no valor de 7% do valor do piso salarial, que será paga até o final do expediente, além da remuneração de eventuais despesas com refeição”. O horário de trabalho será das 9h às 18h, exceto para lojas dos shoppings, com intervalo mínimo intrajornada de uma hora.

Fale com a Redação