Para quem vai cair na folia

Dez recomendações para garantir segurança no trânsito durante período de Carnaval

 

19/02/2020 07h35
Por: Redação

 
Saul Schramm Saul Schramm

Carnaval é tempo de festa e alegria, sendo assim, nada mais natural do que tomar alguns cuidados para não transformar a festa em tragédia. Diante disso, a Associação Brasileira de Medicina do Tráfego (Abramet) elaborou 10 regrinhas para quem vai pegar a estrada e aproveitar a folia. Um levantamento feito pela instituição mostra que, em dez anos, mais de 58 mil pessoas se envolveram em acidentes de trânsito nas rodovias do país. Entre 2010 e 2019, ocorreram 26.438 acidentes, com o envolvimento de 58.706 pessoas, uma média de 2,2 vítimas por registro.

Durante o período de carnaval, a atenção tem que ser redobrada devido aos riscos de acidentes envolvendo pessoas que consumiram álcool. A mistura de álcool e direção é um dos temas prioritários da associação, que auxiliou com estudos na implementação da Lei Seca para os motoristas brasileiros.

Nos casos em que o motorista é pego por dirigir alcoolizado, a legislação de trânsito determina a aplicação de multa de R$ 2.934,70. Além disso, a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) será recolhida e outro condutor habilitado terá que retirar o carro do local.

Se o teor de álcool ficar entre 0,05 mg/l e 0,33 mg/l, o motorista responderá administrativamente. Se for maior do que 0,34 mg/l, ele deve ser levado imediatamente a uma delegacia e responderá também por crime de trânsito, cuja pena é de seis meses a três anos.

 

Envie seu Comentário