Em Maracaju

Homem troca tiros com DOF e morre após entrada em hospital do interior

O autor estava levando uma caminhonte roubada para o Paraguai. O caso ocorreu na MS-462, em Maracaju.

 

23/05/2020 09h38
Por: Redação

 

Foi registrado na noite de ontem (21), por volta das 20 horas, um confronto entre o condutor de uma Ford Ranger com registro de roubo e policiais militares do Departamento de Operações de Fronteira (DOF), que resultou na morte de Leandro Shenatto, 37 anos e prisão de um batedor de 34 anos.

Segundo boletim de ocorrência, os policiais tentaram abordar Leandro, que conduzia uma caminhonte Ford Ranger branca na MS-462, em Maracaju, porém não acatou a ordem de parada e passou a afetuar uma série de disparos contra a viatura policial, chegando um dos disparos a atingir o parablisa.

Diante da agressão, os policiais realizaram o revide, com disparos de fuzil, momento que o autor perdeu o controle do veículo e caiu em uma ribanceira às margens da estrada.

Mesmo assim, segundo registro policial, Leandro efetuou mais dois disparos contra os militares, iniciando nova troca de tiros, que terminou com o suspeito atingido e desarmado.

O homem relatou que estava levando a caminhonete roubada para o Paraguai e que contava com apoio de um batedor que estaria em uma Fiat Strada branca com placas de Uberlândia (MG), cerca de 500 metros a frente.

O motorista da Strada foi localizado e preso. Ele contou que sabia que o veículo era roubado e que receberia R$ 500 para realizar a atividade de batedor.

Ambos veículos possuíam rádios comunicadores.

Leandro foi levado para o hospital de Maracaju com vida, mas durante atendimento médico, não resistiu aos ferimentos e veio à óbito.

O caso foi denunciado como receptação, adulteração de sinal identificador de veículo automotor, desenvolver clandestinamente atividades de telecomunicação [uso de rádio transmissor] e homicídio decorrente de oposição a intervenção policial.

Envie seu Comentário