Violência

Um morre e outro fica ferido em ataques de pistoleiros na fronteira

Os crimes aconteceram nas cidades de PedroJuan Caballero, vizinha a Ponta Porã e em Capitan Bado, ao lado de Coronel Sapucaia.

 

09/11/2019 07h28
Por: Redação

 
Porã News Porã News

Mais cenas de de violência é registrada na fronteira, na noite de sexta-feira (8). Desta vez um homem foi executado com sete tiros em Pedro Juan Caballero, vizinha a cidade de Ponta Porã e uma tentativa de homicídio em Capitan Bado, fronteira com a Coronel Sapucaia.

O primeiro crime, ocorreu por volta das 19h20, no assentamento San Miguel. Oscar Marcelo Martinez Nuñez, de 32 anos, foi morto a tiros de pistola do calibre 9mm. Ele foi surpreendido por dois pistoleiros em uma moto, enquanto chegava em sua residência. Um dos criminosos teria descido da moto e atingido a vítima com 7 disparos.

Um dos tiros acertou a sua cabeça, outro no tórax, ombro, boca e braço de Martinez, conforme o Ponta Porã Informa. Oscar chegou a ser encaminhado ao Hospital Regional da cidade, mas já chegou morto ao local. A dupla fugiu logo em seguida e ainda não foi localizada.

Na outra cidade paraguaia, o crime ocorreu dez minutos depois, às 19h30. Milciades Ramon Aliende Blanco de 29 anos, foi atacado a tiros de pistola calibre 9mm e fuzil do calibre 5,56, por um grupo de quatro pistoleiros mascarados. Ele jogava vôlei com outras pessoas, em uma quadra de esportes no bairro Chaco-í. Os suspeitos chegaram ao local em um Corolla e já desceram do veículo atirando em direção aos jogadores. Apesar dos muitos disparos, ninguém foi morto e apenas Milciades ficou ferido. Não há informações sobre quantos disparos o atingiram.

A vítima que foi socorrida até o posto de saúde da cidade, onde após receber atenção médica se encontra em estado de observação.

Eles fugiram logo após o atentado e a polícia paraguaia ainda não localizou, nenhum dos atiradores.

Envie seu Comentário