A polícia identificou os corpos carbonizados em queda de helicóptero Robinson R66, ontem (20), em uma fazenda no município de Ponta Porã. Tratam-se de Matheus Henrique dos Santos Venâncio, de 20 anos, e Pedro Augusto Boim, de 24.

Segundo o Ponta Porã News, os rapazes foram identificados na manhã de hoje (21), pelas mães deles, no IML (Instituto Médico Legal). Ambas vieram do interior paulista e estão sendo ouvidas na Polícia Civil.

O caso é investigado pelo Departamento de Repressão a Corrupção e ao Crime Organizado (Dracco). Os destroços do helicóptero foram apreendidos e encaminhados para a sede do Dracco. Também no local, foram apreendidos 246 quilos de cocaína que a aeronave transportava.

Pelo prefixo PR ITT identificado na fuselagem, o Robinson está registrado em nome de uma empresa de Taubaté (SP), mas existe possibilidade de os dados serem falsos.

Comentários