Eduardo Riedel, Capitão Contar e André Puccinelli fazem convenção hoje (Foto: Montagem)

Partidos tem até hoje para realizar os encontros e anunciarem os candidatos que vão disputar os cargos eletivos

Os pré-candidatos André Puccinelli (MDB), Capitão Contar (PRTB) e Eduardo Riedel (PSDB) fazem as convenções partidárias nesta sexta-feira (5), último dia para os encontros, segundo calendário eleitoral, divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). É nesses encontros, permitidos desde o dia 20 de julho, que as legendas anunciam os candidatos a presidente e vice-presidente da República, governador, vice-governador, senador e respectivos suplentes e deputados federal, estadual e distrital.

Puccinelli, Contar e Riedel fazem convenções nesta sexta-feira
André Puccinelli e Tânia Garib (Foto: Assessoria de imprensa)

convenção do MDB será realizada no Clube Nipo-Brasileiro em Campo Grande, a partir das 9 horas. Os nomes dos pré-candidatos André Puccinelli e Tania Garib, ambos do MDB, serão confirmados para concorrem aos cargos de governador e vice, além para as vagas de deputados estaduais, federais e senador.

Puccinelli, Contar e Riedel fazem convenções nesta sexta-feira
Reunião política (Foto: Assessoria de imprensa)

Às 10h acontece a convenção do PSDB na sede do partido, que fica na Avenida Ministro João Arinos, 156 (Chácara Cachoeira). O nome de Eduardo Riedel (PSDB)será lançado como pré-candidato ao governo do Estado em substituição ao governador Reinaldo Azambuja, do mesmo partido. De acordo com assessoria do partido, o lançamento da candidatura de Riedel será prestigiada por pré-candidatos a deputado estadual e federal e pela pré-candidata ao Senado, a ex-ministra do Governo Bolsonaro, Tereza Cristina. O governador Reinaldo Azambuja, presidente do partido, também participa da convenção. 

ColunaMarcoEusébio
(Foto: Assessoria de imprensa)

Capitão Contar, que já anunciou que vai montar uma chapa pura, escolheu como vice Beto Figueiró. A reunião está marcada para começar às 18h, no Grand Park Hotel. O evento irá confirmar as candidaturas para governador e vice, deputados federais e estaduais.

Bolsonarista, o deputado estadual Capitão Contar (PRTB) estreou na política em 2018, quando elegeu-se com recorde de votação sendo eleito deputado com 78.390 votos, estabelecendo-se como o quarto deputado estadual mais votado do país. 

Recorde de eleitores

Nas eleições deste ano, o Brasil terá uma quantidade recorde de eleitores aptos a votar. Segundo informações do Tribunal Superior Eleitoral, 156.454.011 brasileiros poderão comparecer às urnas. Em comparação com o último pleito geral, em 2018, o país ganhou 9,1 milhões de novos eleitores. Naquele ano, 147.306.275 pessoas puderam votar, uma diferença de 6,2% em relação ao número de 2022.

Mato Grosso do Sul tem 1.996.510 eleitores aptos a votar nas eleições de outubro.

Ao todo, são 118.528 eleitores a mais que em 2018, ou seja, houve crescimento de 5,94%. De acordo com o TSE, o aumento se deve aos jovens de 16 e 17 anos e pessoas com mais de 70 anos, que não são obrigadas a votar, mas passaram a ser eleitores em 2022.

Perfil do eleitor em Mato Grosso do Sul

O levantamento do TSE mostra que o eleitorado de Mato Grosso do Sul é composto por 1.407.054 mulheres (52%) e 949.456 homens (47%). A maioria dos eleitores (570.507) tem entre 45 e 49 anos.

Em seguida, estão pessoas entre 25 e 29 anos (10,7%) e 35 a 39 anos (10%,3). Já as pessoas entre 16 e 17 anos e acima dos 70 correspondem a 1,1% e 7,86%.

De acordo com dados do TSE, a maior parte do eleitorado já vai poder votar com a biometria, sistema que utiliza a digital para identificar eleitoras e eleitores e que confere maior segurança.

São 1.577.333 de eleitores que em outubro poderão usar a ferramenta (78%).

Comentários