(Foto: Ponta Porã Informa)

O prefeito de Ponta Porã, Hélio Peluffo, esteve neste domingo (22), no velório de José Carlos Acevedo

Na manhã deste domingo (22), o prefeito de Ponta Porã Hélio Peluffo Filho (PSDB) esteve presente a sede da prefeitura de Pedro Juan Caballero onde está sendo velado o corpo de José Carlos Acevedo, acompanhado da esposa Vânia Peluffo, e disse que o momento é de tristeza e todos sentem o ataque ao poder público. O prefeito, também, se encontrou com o governador do Estado de Amambay, Ronald Acevedo, irmão do prefeito assassinado.

Em seguida Hélio Peluffo divulgou um vídeo em suas redes sociais onde lamenta o ocorrido e faz um desabado dizendo que quando ataca o prefeito de uma cidade que quer fazer o melhor pela população e principalmente pelos mais carentes, todos são atingidos.

“Nós estamos muito tristes com a perda do nosso companheiro Zé Carlos, prefeito nosso, da fronteira Pedro Juan Caballero. Quando atacam o poder público, quando atacam um representante que quer fazer o melhor para sua cidade, pelos menos favorecidos, todos nós somos atingidos”, declarou.

Fora isso, na visão de Peluffo, toda essa situação gera preocupação e desalento para as duas cidades que há décadas sofre com a insegurança ocasionada principalmente pelo tráfico de drogas.

“Ataques como este faz com que o mal passe a fazer parte da vida pública, e os bons se afastam do poder público. Nós da fronteira estamos muito entristecidos”, afirmou o prefeito.

Por fim, Hélio externou “sentimentos a todos os paraguaios, aos familiares. Deus proteja essa cidade, nossa fronteira Brasil e Paraguai”.

Comentários