Renato Câmara é o anfitrião do evento na Casa de Leis. (Foto/Divulgação)

Na manhã de hoje (7) teve início o II Seminário Estadual da Água que segue até o período da tarde desta segunda-feira. O tema do seminário é “Múltiplas Conexões – Bacias hidrográficas dos rios Paraná e Paraguai”. Além de apresentação do coral da ALEMS e abertura do anfitrião, deputado Renato Câmara (MDB), foi transmitida nesta manhã também a primeira palestra: “Caminhos que Conectam: Corredor Bioceânico”, com Jaime Elias Verruck, secretário de meio ambiente, desenvolvimento econômico, produção e agricultura familiar de Mato Grosso do Sul.

Renato Câmara afirmou, na abertura do evento, que a iniciativa surgiu de um debate com o Rotary Club de Campo Grande. “Esse seminário iniciou através de discussão e debate com Rotary Club de Campo Grande. Através desse seminário temos promovido anualmente o diálogo com objetivos muito importantes, falamos sobre a fundamental importância dos recursos hídricos para economia e para a vida das gerações presentes e futuras”.

Alex Walber, presidente do Rotary Club de Campo Grande, falou sobre a importância da união de esforços. “Há muito o que podemos fazer como indivíduos, instituições e governo. A partir de pequenas e simples mudanças de comportamento podemos fazer grande diferença para atuais e futuras gerações. O seminário dá oportunidade de nos unirmos para fazermos ainda mais”, afirmou.

Ainda, o diretor presidente do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul), André Borges Barros de Araújo, também falou sobre a importância da conscientização a respeito do uso sustentável da água. Reitor da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), o professor doutor Laércio Alves de Carvalho disse que é “uma satisfação e uma honra” participar do evento. “Tanto a Assembleia Legislativa quanto o Governo do Estado acreditam na ciência. Nossa universidade trabalha com produção, educação ambiental e conservação, nosso trabalho é trazer soluções em benefício ao meio ambiente e com resultados científicos comprovados. E vocês irão ver alguns resultados hoje com os professores da UEMS”, afirmou o professor.

Jaime Elias Verruck, em sua palestra, comentou sobre a discussão em torno do uso múltiplo da água. “Nós temos a discussão de uso múltiplo de água. Estamos falando de pessoas, de irrigação, navegabilidade, e para manter a diversidade de fauna e flora. Nós estamos em uma crise hídrica e já temos que começar a tomar algumas atitudes de poupar água e energia. Quero iniciar lembrando disso: É um momento de reflexão e temos necessidades de curtíssimo prazo”, alertou.

Participação cidadã

O seminário está sendo realizado de forma semipresencial, mas a população sul-mato-grossense pode participar, acompanhando pelos canais oficiais de comunicação da Casa de Leis, que transmite o evento ao vivo.

No YouTube, Ângelo Lima comentou: “​Bom dia. Importante evento e ainda mais considerando o momento de ‘crise hídrica’ na Bacia do Paraná”. Paulo afirmou: “Respeito às nossas águas, Nossas atitudes fazem a diferença”.

Enquanto isso, no Facebook da Casa de Leis, entre os comentáiros, o de Liliam Veronese dizia: “muito importante essas informações”. Jhonatan Xavier da Silva elogiou: “bela iniciativa”.

Para conferir a programação completa do seminário, clique aqui.

Comentários