22.8 C
Campo Grande
domingo, 21 de julho, 2024
spot_img

Alunos da Escola Sesi de Naviraí realizam mostra de foguetes

As equipes de robótica da Escola Sesi de Naviraí realizaram uma mostra de foguetes planejados e construídos pelos próprios alunos, com o auxílio de seus professores. O evento foi inspirado na Olímpiada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA).

Estudantes do 6º ano do ensino fundamental ao 3º ano do ensino médio participaram do evento, que tem como objetivo explorar na prática os conceitos da física, além de estimular a criatividade, o trabalho em grupo e o desafio pessoal.

Os alunos construíram uma base de lançamento, por meio de modelos existentes ou usando a própria criatividade. Os foguetes possuem elementos aerodinâmicos, como aletas e contrapesos. Para realizar o lançamento, os estudantes aplicaram conceitos de lançamento oblíquo e as leis de Newton.

A Mostra de Foguetes foi conduzida pela equipe oficial de robótica na modalidade de FRC (First Robotic Competition). Os alunos desenharam e executaram toda a estrutura do evento. As medidas de segurança dos competidores foram adotadas com apoio da Escola Sesi e supervisão dos professores articuladores da robótica.

Os alunos foram reconhecidos com três tipos de premiação: Core Values (representa o trabalho em equipe e entre equipes); Constância (celebra o desempenho da equipe que demonstrar a melhor média de três lançamentos em uma competição); e Design de Foguete (reconhece o trabalho de engenharia e design de um foguete, destacando a inovação, eficiência e criatividade na sua concepção).

Alunos da Escola Sesi de Naviraí realizam mostra de foguetes

“A mostra é uma experiência única, cheia de emoção. Uma maneira muito boa de aprender a trabalhar em grupo e explorar a criatividade. Também é uma forma de se desafiar e se esforçar. É com certeza uma ótima forma de a escola unir os alunos, e fazer uma programação divertida”, contou a aluna Ana Júlia Madeira, do 2º ano do ensino médio.

“Estar na organização da mostra é sempre gratificante, pois ver o empenho dos alunos e o crescimento pessoal de cada um faz o trabalho valer a pena. A cada ano vejo uma dedicação maior por parte dos alunos na realização do evento e na inspiração para os alunos da nossa escola tenham vontade de participar. Mas o ponto mais importante para mim é a participação ativa das famílias dos competidores. Com toda certeza o projeto cumpre o objetivo de incluir a família dos alunos em suas atividades estreitando e fortalecendo os laços familiares”, destacou o professor Anderson Douglas.

“A competição de lançamentos de foguetes instiga os alunos a aprender na prática conceitos estudados em sala de aula. Eles buscam ajuda de seus colegas, professores e principalmente da família, o que é muito importante para o seu aprendizado e a valorização de seu trabalho. É muito bonito ver as famílias ajudando seus filhos no dia da competição, apoiando e torcendo por eles. Além dos conceitos e do conteúdo que esta atividade abrange, ela também oportuniza o desenvolvimento de habilidades socioemocionais, ensinando a lidar com sucessos e frustrações”, concluiu o professor Fernando Luiz Gonçalves.

Fonte: Ascom Fiems

Fale com a Redação