O presidente do Sindicom (Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista de Dourados) anunciou nesta quinta-feira (29), que não houve qualquer conversa/negociação e que o feriado do Dia do trabalhador, 1º de maio, está mantido ao trabalhador douradense. Assim, as lojas do comércio central de Dourados vão fechar no próximo sábado, feriado, informou Valter Castro, presidente do sindicato. A situação será diferente em Campo Grande, que de acordo com a CDL-CG (Câmara de Dirigentes Logistas), o dia será normal ou até mais movimentado devido a Promocentro, promoção lançada nesta semana, que é para finalizar mês estoque e ser uma pré-venda ao Dia das Mães.

O comercio de shopping, que segue algumas politicas diferentes, tem na cidade o centro comercial Avenida Center, que ainda está em negociação com os funcionários. A decisão deve sair até amanhã.

O presidente sindical lembra que é tradicional o comércio central fechar em 1º de maio, por isso não houve tentativa de negociação entre patrões e empregados. “Só vai abrir a rede de supermercados. O comércio fecha. É um assunto que nem chegou a ser discutido”, disse Castro.

Para Castro, o fechamento do comércio não deve impactar nas vendas para o Dia das Mães, celebrado em 9 de maio, segundo domingo do mês. “No ano passado tivemos perdas, até porque estava no início da pandemia, houve fechamento geral do comércio, mas conseguimos abrir de última hora. Desta vez está mais tranquilo quanto ao decreto, por isso há um otimismo”, explicou o presidente do Sindicom.

Dia das Mães

Castro ainda lembra que as compras a segunda maior data comercial, que é o Dia das Mães, ainda terá uma semana inteira e o próprio próximo final de semana. E que pesquisa já realizada demonstra que a população já está indo ou irá as compras neste ano, que se recuperará bem, ante ao ano 2020 de inicio da Pandemia do Covid 19.

Conforme o Enfoque MS noticiou Dia das Mães deve recuperar movimento em MS com 192 milhões em gastos , o dirigente se refere a pesquisa de intenção de consumo e comemorações realizada pelo IPF-MS (Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio-MS), em parceria com o Sebrae-MS e divulgada nesta semana. O levantamento mostra que as vendas para o mês das Mães será de quase R$ 192 milhões em Mato Grosso do Sul, sendo 105% a mais que maio do ano passado e até 18% maior que período de 2019.

E em Dourados, conforme a pesquisa, as vendas estão estimadas em montante de R$ 8,7 milhões.

Comentários