Ele havia passado por uma audiência no mesmo dia

04/12/2019 12h15
Por: Redação

Um homem de 36 anos foi preso por importunação sexual no Terminal Morenão, que fica no Jardim Paulista, nesta segunda-feira (2), mesmo dia que passou por uma audiência de custódia e foi solto.

De acordo com informações da polícia, as vítimas voltavam do trabalho e estavam ao lado do motorista, pois comprariam o passe de ônibus no terminal. Neste momento o suspeito sentou no assento preferencial e começou a perturbá-las. Ele passava a língua na boca e colocava as mãos por dentro da calça.

Segundo as vítimas, uma disse para a outra “Um cara desses assediando a gente essas horas dá vontade de quebrar na porrada”, enquanto ele respondeu “Se você me quebrar na porrada eu vou te quebrar no beijo”. Segundo as mulheres ele a todo momento ficava as perturbando e continuava a colocar as mãos na calça e passar no órgão genital.

Quando desceram no terminal, elas avisaram o vigia que acionou a GCM (Guarda Civil Metropolitana). Equipe abordou o homem e o prendeu em flagrante. Na viatura ele pediu desculpas e começou a falar sobre Deus, mas foi levado para a Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) onde foi autuado por importunação sexual.

Na última semana ele já tinha sido preso por ameaçar uma pessoa no terminal de ônibus. Ele passa por nova audiência de custódia nesta quarta-feira (4).

Homem é preso por importunação sexual contra duas mulheres em ônibus

Comentários