O crime ocorreu na na região central de Ponta Porã

01/06/2020 06h42
Por: Redação

João Victor Flores, de 25 anos, foi executado com vários tiros de fuzil na noite de ontem (31) na rua Tiradentes em frente a uma lanchonete nas proximidades de uma escola, em Ponta Porã, cidade localizada na região de fronteira com o Paraguai.

De acordo com a namorada de João, o casal havia chegado até a conveniência, onde desceram da caminhonete Toyota Hilux para comprar bebidas, sendo que depois da compra e quando já voltavam para a camionete, dois carros, um de cor branca e outro de cor chumbo, pararam ao lado deles.

Quatro homens encapuzados armados com fuzis e pistolas mandaram que a jovem voltasse para dentro da conveniência e mandaram que João deitasse no chão. Os quatro atiradores afirmaram que eram da polícia. Assim que a namorada da vítima entrou no estabelecimento, os autores fizeram os disparos, principalmente, no rosto de João, que morreu na hora.

Populares que estavam nas proximidades acionaram o Corpo de Bombeiros e os socorristas apenas atestaram o óbito de João Victor.

A Polícia Militar e Civil foram acionadas. Não há informações sobre motivação e autoria do crime.

A vítima foi executada na calçada, ao lado de uma caminhonete.

Comentários