Cela Vip em presídio do Paraguai. (Foto/Divulgação)

O Ministério da Justiça de Paraguai optou pelo fechamento da Penitenciária Regional de Pedro Juan Caballero no Paraguai, isso ocorreu após uma investigação ser conduzida no local, que identificou uma cela de luxo.

Ao todo são 868 presos, sendo que serão transferidos 430 internos, todos considerados de alta periculosidade, entre eles integrantes de facções criminosas como relação direta ao crime organizado no Paraguai.

A Ministra Cecília Perez, que realizou o anúncio no fim da tarde desta quinta-feira (14), disse que também haverá mudanças na penitenciária, que ficará fechada para o recebimento de novos detentos.

A série de medidas foi tomada pelo governo paraguaio após uma operação realizada na unidade prisional flagrando uma cela a modus de suíte de hotel, possuindo cama king, armários planejados, tela plana ampla ar-condicionado dentre vários outros artigos de luxo.

Tudo estaria na cela do narcotraficante Faustino Román Aguayo Cabañas, que está sendo investigado por envolvimento na chacina que matou 7quatro pessoas no último sábado em Pedro Juan, cidade que fronteira com Ponta Porã no MS.

Na ocasião Faustino ainda estaria na companhia da namorada de 22 anos, que é filha do prefeito interino de Pedro Juan.

Comentários