Novo decreto será publicado nesta quarta e com previsão de validade por 14 dias

A cidade de Campo Grande deve ter novas medidas de enfrentamento ao coronavírus (Covid-19), a partir desta quarta-feira (15). Entre as medidas, a Prefeitura deve decretar lockdown parcial aos finais de semana e funcionamento do comércio até às 17 horas, durante a semana.

O novo decreto ainda não foi publicado, porém as medidas devem ter validade por 14 dias, ou seja até o final do mês de julho.

O comércio varejista e atacadista que tinha autorização para funcionar até às 18 horas, agora deve ter a redução de uma hora, entre as segundas e sextas-feiras. O funcionamento ficará das 9h às 17h. O serviço de delivery deve ser mantido.

No fim de semana, ficará fechado, exceto para os estabelecimentos listados como essenciais pelo município. Permaneceram abertos as farmácias, supermercados, serviços de infraestrutura (concessionárias de energia, água, empresas de telefonia e internet).

O toque de recolher entre 20h e 5h continua valendo até o dia 19 de julho.

A ideia com a restrição aos fins de semana é aumentar a taxa de isolamento na capital, que apresenta uma das mais baixas entre as capitais do país.

Mais cedo, o prefeito Marquinhos Trad (PSD) já havia afirmado durante transmissão ao vivo nas redes sociais, que não haverá lockdown em Campo Grande, mas que seria anunciadas novas medidas restritivas para tentar conter o avanço da pandemia.

“Não haverá lockdown em Campo Grande, haverá sim, medidas restritivas, mas não o fechamento do comércio, não o fechamento do shopping, não o fechamento de bares e restaurantes, haverá sim restrições para que nós continuemos a controlar a pandemia e, sobretudo, termos leitos vazios”, afirmou o prefeito.

Comentários