23.8 C
Campo Grande
segunda-feira, 17 de junho, 2024
spot_img

Tragédia em Anhanduí: acidente pode ter sido causado por ultrapassagem indevida de carreta

A polícia está investigando a dinâmica do acidente que resultou na morte de cinco pessoas na manhã dessa quarta-feira (10) na rodovia federal BR-163, próximo ao posto de pedágio do distrito de Anhanduí, em Campo Grande. Além disso, uma sexta vítima fatal está sendo buscada entre os destroços dos quatro veículos envolvidos.

Em entrevista à imprensa, o delegado Willian Rodrigues, plantonista da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol e que está como responsável pelas investigações, acredita que o sinistro foi provocado pelo motorista da carreta bitrem que transportava uma carga de porcos vivos.

“Ele tentou fazer uma ultrapassagem indevida e em alta velocidade, como não conseguiu concluiu a manobra, acabou batendo de frente contra os outros veículos que vinham no sentido contrário da pista, com destino à Nova Alvorada do Sul”, disse, acrescentando que os indícios apontam para essa possível dinâmica.

O delegado disse também que a carreta estava com 250 porcos vivos e que a maioria acabou morrendo prensada nas ferragens ou pelo trauma, outros estão sendo retirados com ferimentos e alguns podem ter fugido para dentro da vegetação às margens da pista. A outra bitrem estava carregada com 38 mil quilos de grãos de milho.

Além das duas carretas, o acidente também envolveu um caminhão-baú que transportava uma carga de alimentos e um veículo, modelo Chevrolet Ônix, que era ocupado por um casal identificado pelos nomes de Daniel e Fernanda Lopes. Ninguém sobreviveu ao acidente e até agora foram localizados cinco corpos, alguns até mutilados.

Ainda conforme Willian Rodrigues, a perícia coletou informações do tacógrafo do caminhão de alimentos e foi constatado que o condutor estava dentro do limite de velocidade da via. Já a bitrem com milho seguia para a cidade de Ibicaré (SC), o motorista foi identificado como sendo Ezequiel Norte pela transportadora e dona do veículo.

Tragédia em Anhanduí: acidente pode ter sido causado por ultrapassagem indevida de carreta
Foto: Redes Sociais

Casal estava indo para a praia

Um casal de amigos dos ocupantes do Ônix fez a identificação dos corpos. Muito abalados, eles contaram que viajavam juntos, mas em carros separados, com destino à Santa Catarina. Eles estavam esperando pelo casal em um posto de combustível, mas estranharam a demora e a falta de contato deles.

Diante disso, o casal decidiu retornar para Campo Grande para tentar encontrar com os amigos no caminho, porém, no percurso, viram o acidente logo após ter acontecido e identificaram o veículo dos amigos. O grupo iria passar uma semana na cidade de Itapajé (SC), a viagem foi planejada ao longo de um ano.

Fale com a Redação