20.8 C
Campo Grande
terça-feira, 16 de julho, 2024
spot_img

BB acelera negócios na Expogrande com R$ 200 milhões em linhas de financiamento

Parceiro da Fiems na Expogrande 2024, o Banco do Brasil irá oferecer linhas de crédito especiais durante a maior feira agropecuária de Mato Grosso do Sul. A instituição bancária espera liberar R$ 200 milhões em financiamentos durante a 84ª edição da Expogrande, que acontece entre os dias 4 e 14 de abril, no Parque de Exposições Laucídio Coelho, em Campo Grande. 

Os recursos contemplam linhas de custeio, Cédulas de Produto Rural (CPR) e investimento para aquisição dos bens de produção comercializados pelos expositores durante a feira. O foco dos empréstimos está direcionado, em especial, à aquisição de insumos destinados à produção agrícola e pecuária, como compra de sal mineral, fertilizantes, entre outros. 

O empréstimo destina-se, ainda, à aquisição de máquinas e implementos agrícolas, animais para melhoramento genético e matrizes para cria, recria e engorda comercializados nos leilões.

A liberação dos recursos para investimento terá o Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO) como fonte principal. com taxas a partir de 7,32% ao ano para alguns itens financiados e prazo, em geral, de até 12 anos. Os recursos serão liberados conforme a demanda, podendo haver aplicação superior ao valor anunciado. 

O superintendente estadual do Banco do Brasil, Omar Vasconcelos, destacou o comprometimento da instituição bancária com o produtor rural sul-mato-grossense. 

“É com muito entusiasmo que o Banco do Brasil participa da Expogrande. Alocamos para essa feira a quantia de R$ 200 milhões para que a gente possa utilizar em linhas de investimento, custeio e comercialização. Um dos nossos maiores diferenciais é a presença. Nossos funcionários mais qualificados estarão na Expogrande para levar não apenas assistência creditícia, mas também consultoria de agronegócio para os produtores rurais”, disse.

O vice-presidente da Fiems, Crosara Júnior, ressaltou a necessidade de aproximar o Banco do Brasil dos produtores rurais e do público em geral. 

“Em uma articulação do presidente Sérgio Longen, a Fiems traz o estande do Banco do Brasil para dentro do Pavilhão da Indústria, para mostrar aos visitantes as oportunidades de recursos no sentido de dinamizar a economia. Essa é uma iniciativa importante do Banco do Brasil junto com a Fiems”, declarou.

Para o titular da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Semadesc), Jaime Verruck, o acesso ao crédito é uma ferramenta essencial para fazer a economia avançar ainda mais rápido.

“Este é um bom momento para que o produtor olhe o futuro de Mato Grosso do Sul e identifique a perspectiva de continuidade do crescimento econômico. Quem investir agora, com crédito adequado, com certeza vai alcançar o sucesso lá na frente”, afirmou.

Fonte: Ascom Fiems

Fale com a Redação