20.8 C
Campo Grande
terça-feira, 16 de julho, 2024
spot_img

Inscrições abertas a empresas de Pedro Gomes interessadas em participar do Feirão Limpa Nome

Para dinamizar o comércio local e aumentar o poder de compra do consumidor, será realizado em Pedro Gomes o Feirão Limpa Nome, de 13 de março a 17 de abril. A iniciativa, que dá oportunidade para os clientes renegociarem dívidas com as empresas locais, é da Associação Empresarial de Pedro Gomes (ACEPG), em parceria com o Sebrae/MS, por meio do programa Cidade Empreendedora, e da Prefeitura Municipal, além de contar com o apoio da Federação das Associações Empresariais de Mato Grosso do Sul (FAEMS) e da Secretaria Executiva de Orientação e Defesa do Consumidor (Procon-MS).

Para participar da ação as empresas interessadas precisam estar associadas à ACEPG e devem fazer a inscrição até a próxima terça-feira (12), por meio de um formulário eletrônico, basta clicar aqui. Após o cadastro, os empreendimentos serão selecionados e a partir daí, entre os dias 13 de março a 17 de abril, os clientes com dívidas pendentes nos últimos cinco anos serão convidados pelas empresas participantes a irem até a sede da ACEPG, onde representantes do Procon-MS estarão disponíveis no dia e horário agendado para fazer a renegociação e dar encaminhamento aos trâmites necessários, além da formalização de um contrato prevendo o acordo.

Para a analista-técnica do Sebrae/MS, Cíntia Esgalha de Araújo, é importante destacar que todas as partes envolvidas nesta iniciativa serão beneficiadas. Ela explica que são vários os motivos que podem levar as pessoas a ficarem inadimplentes, entre eles a redução da renda, o surgimento de despesas inesperadas, o desemprego, a má administração financeira ou o uso excessivo do crédito. No entanto, a negociação com os credores, combinada ao planejamento financeiro e aos ajustes no estilo de vida, pode ser a saída para ter o nome limpo, voltando a ter credibilidade. Na perspectiva do comércio local, a negociação é uma chance de ter saldo positivo de uma dívida que não se tinha mais previsão de recebimento e de um capital que por vezes era considerado perdido.

“A campanha atua como ferramenta na redução de evasão de consumo, proporcionando aos consumidores condições de renegociarem suas dívidas e de tornarem a comprar no comércio local. Desta forma, todos ganham, o consumidor que deixou de comprar no comércio local por estar inadimplente, recupera seu crédito, e o dinheiro do município permanece no município. Essa é uma entrega importante para a população de Pedro Gomes, onde realmente se vê o sentido da relação em que todos saem ganhando”, frisou a analista.

A conselheira fiscal da ACEPG, Renata Bonaparte, também vê a campanha como vantajosa tanto para o cliente quanto para o comércio, mas chama a atenção para o impacto que o Feirão Limpa Nome pode causar no município como um todo. “Os nossos clientes são basicamente os mesmos em todos os comércios, então com o nome limpo eles têm mais credibilidade e podem voltar a comprar das empresas locais, evitando que esse recurso seja aplicado de outras formas e saia da cidade. Nosso intuito é acolher os nossos clientes e estabelecer um relacionamento saudável entre as partes. Afinal, uma coisa puxa a outra, com o nome limpo, teremos um aumento das compras do cliente no nosso comércio”, afirmou a conselheira da ACEPG.

A secretária de Meio Ambiente e Turismo de Pedro Gomes, Jackeline Figueiredo, percebe a campanha como um dos resultados positivos do trabalho coletivo para a reorganização do comércio e da vida financeira da população. “O Feirão Limpa Nome é uma das ações que está dentro do Plano de Desenvolvimento feito, por meio do Cidade Empreendedora, para Pedro Gomes e vem para fortalecer os empreendedores e consumidores do nosso município. Acredito que esse trabalho terá impactos sociais muito significativos, pois possui o poder de transformação, fazendo com que as pessoas estejam aptas novamente a terem acesso à crédito e financiamento para adquirirem novos bens ou produtos, ou seja, é a concretização de sonhos, e o aumento da qualidade de vida da população”, destacou a secretária.

Mais informações sobre o programa Cidade Empreendedora podem ser obtidas pelo número 0800 570 0800 ou por meio do site cidadeempreendedora.ms.sebrae.com.br.

Fale com a Redação